Quatro peças para você assistir neste fim de semana, no Centro de SP

Por: SP Escola de Teatro Comunicar erro
Crédito: Priscila Prade/Divulgação Musical ‘As Cangaceiras’ retrata a luta de mulheres contra opressão.

Procurando programação teatral para este final de semana, em São Paulo? Nós preparamos um guia com dicas de espetáculos apresentados no Centro da cidade – alguns deles com entrada gratuita.

As Cangaceiras, Guerreiras do Sertão
Musical escrito pelo premiado Newton Moreno, com direção de Sergio Módena, conta a história de um grupo de mulheres sertanejas que se juntam para lutar contra os mecanismos de opressão dentro do cangaço.

Quinta a sábado, às 20h; domingo, às 19h. Até 4/8. Teatro do Sesi-SP (avenida Paulista, 1.313). Entrada gratuita, com reservas antecipadas de ingressos pelo site e distribuição de remanescentes 15 minutos antes do início de cada sessão. Duração: 120 minutos.

Sob o Céu de Rubem Braga
Solo do ator Bruno Cavalcanti, dirigido por Antônio Januzelli, com bases nas crônicas do escritor Rubem Braga (1913-1990). Os textos interpretados versam o cotidiano simples e poético da vida dos personagens.

Sexta (8/6), às 21h; sábado (9/6), às 20h. Itaú Cultural (avenida Paulista, 149). Entrada gratuita, com ingressos distribuído na bilheteria 1 hora antes do espetáculo. Duração: 60 minutos. Classificação Indicativa: 12 anos.

Crédito: Andre Stefano/Divulgação‘Mississipi’ marca os 30 anos da Cia. Os Satyros.

Mississipi
A peça marca as comemorações de 30 anos da Cia. Os Satyros. Retrata três momentos históricos distintos (1999, 2009 e 2019) da praça Roosevelt, região onde está a sede do grupo. Tais períodos são mesclados, de forma que as situações dramáticas quebram a ordem cronológica e propõem uma sequência de imagens que constrói a narrativa da peça.

Sextas e sábado, às 21h. Satyros Um (praça Roosevelt, 214). Ingressos: R$ 40 (inteira), R$ 20 (meia) e R$ 5 (morador da Roosevelt). Duração: 120 minutos. Classificação indicativa: 16 anos.

O Rei de Sodoma
Também da Cia. Os Satyros, montagem é uma adaptação da obra homônima de Fernando Arrabal. Em um apartamento no centro de uma grande cidade acontece uma série de situações absurdas que envolvem personagens como uma mulher dominadora, seu amante e prostituto, o pai do jovem e uma freira.

Sextas, às 21h. Até 21/6. Estação Satyros (praça Roosevelt, 134). Ingressos: R$ 40 (inteira), R$ 20 (meia) e R$ 5 (morador da Roosevelt). Duração: 60 minutos. Classificação indicativa: 16 anos.

Por: SP Escola de Teatro

A SP Escola de Teatro é um equipamento da Secretaria de Cultura e Economia Criativa do Estado de São Paulo e tem por atribuições a formação profissional na arte teatral.

1 / 8
1
03:47
Festivais de música com desconto de até 50%? Aqui têm, bebê!
O calor está começando a dar as caras e por aqui, nós já começamos a nos empolgar com a temporada …
2
04:38
Batman 80: a maior exposição sobre o homem-morcego!
Em celebração aos 80 anos do Homem-Morcego, o Memorial da América Latina, na zona oeste de São Paulo, recebe “Batman …
3
03:36
Saiba mais sobre os Izakayas, os botecos japoneses da Liberdade!
Comidinhas japonesas + drinques geladinhos: essa é a proposta dos izakayas, os famosos bares e botecos orientais! E se tem …
4
03:13
Kinoplex: o cinema sem defeitos em São Paulo!
Quem disse que cinema de shopping é tudo igual? São Paulo acaba de ganhar um espaço exclusivo, com seis salas …
5
02:47
Rolê clássico e barato na capital? Conheça a Sala São Paulo!
Quem disse que sai muito caro para curtir música clássica ao vivo ou ouvir de perto um concerto deslumbrante? A …
6
03:00
Casa das Rosas: uma viagem no tempo na Avenida Paulista
Tem um cantinho histórico na Avenida Paulista, que é uma verdadeira viagem no tempo. Além de ser uma das construções mais …
7
05:40
Roteiro de férias: o que fazer em SP gastando pouco ou quase nada
Chegaram as férias de julho, e com ela diversos eventinhos lindos rolando em São Paulo! Para te dar aquele empurrãozinho …
8
02:44
Museu Mais Doce do Mundo: conheça o lugar mais instagramável de SP
Já pensou em “nadar” numa piscina de marshmallows, entrar em um donut gigante ou pular numa grande batedeira? Pois sua …