Roberta Oliveira, Pagode do Fred e Xoroxangô agitam a Casa Barbosa

Por: Redação

O Samba em Rede divulga a agenda de novembro da Casa Barbosa. A casa abre às segundas-feiras, quintas-feiras, sextas-feiras e aos sábados, com entradas que variam de R$10 a R$15.

divulgação
A Casa Barbosa integra a cena musical da Bela Vista

Confira a programação de samba:

Segundas-feiras
11/11
19h – Pagode do Fred

Formada por Alfredo Castro, Raphael Moreira, Xeina Barros, Marcelinho Ministro, Rafael Toledo, Henrique Araújo, Enrique Menezes e Gian Correa, a roda surge com a proposta de reunir diferentes gerações de sambistas de São Paulo para mostrarem suas composições e trabalhos.

Quintas-feiras 

14/11
19h – Coletivo Xoroxangô

O Xoroxangô é um coletivo de músicos que se encontra toda quinta-feira no centro de São Paulo para celebrar os grandes mestres do choro. A formação atual conta com Japa, Zula, Faísca, Bandolover, Tiuzão, Dilmas, Dollyncoln, Cigano, Pajé, Tigrinho, Pebrilho e Pani.

Sextas-Feiras

8/11
19h – Samba da Gruta 

Idealizado para resgatar a folia das rodas da madrugada, o Samba da Gruta exalta sambas de Roberto Ribeiro, Cartola, Jorge Aragão, Noel Rosa, Paulinho da Viola, João Nogueira, Benito de Paula e Nelson Cavaquinho. O grupo também incorpora à batucada do samba algumas marchinhas de Carnaval e clássicas da MPB.

15/11
19h – Quem é Bamba não Bambeia 

A roda Quem é Bamba não Bambeia apresenta desde clássicos até sambas menos conhecidos. O time é formado por músicos que têm suas histórias marcadas por diversas agremiações paulistanas, além de projetos e comunidades de samba da cidade.

22/11
19h – Roberta Oliveira e o Bando de Lá 

Roberta Oliveira surge no cenário do samba em 2007 ao integrar o Kolombolo Diá Piratininga. No ano seguinte, funda a Ala dos Compositores e entra para o grupo de Pastoras do grêmio.

O Bando de Lá é formado por Matheus Nascimento (violão), Felipe Augusto (cavaco), Luiz Ribeiro (violão de sete cordas), Monalisa Madalena (pandeiro), Mônica Silva (surdo) e Binho Geronimo (congas).

Sábados

16/11
19h – Pegada de Gorila convida Jacke Carvalho 

Idealizada em 2007, a roda Pegada de Gorila surge a partir de reuniões de amigos que se encontravam na quadra de escola de samba Unidos de Santa Barbara, localizada no Itaim Paulista.  A atual formação da roda conta Mayara (voz),  Francisco MB (voz), Marcelinho Monserrat (violão de sete cordas), Emerson Bernardes (cavaco), Batman (contra baixo), Samuel Marques (trombone), Koka Pereira (percussão), Marcelo Ramos (pandeiro) e Porquinho (surdo).

+ Samba SP: 

Compartilhe:

Tags: #Samba SP