Veja a programação do Boteco da Dona Tati em novembro

Por: Redação

Um dos botecos mais agradáveis da cidade, o Boteco da Dona Tati divulga sua programação musical do mês de novembro. A casa, situada na Barra Funda, é famosa por seus hambúrgueres e pela variedade de cervejas artesanais.

A entrada é gratuita mas o público pode contribuir com o valor que achar conveniente para assistir aos shows.

divulgação
Marco Antônio é um dos integrantes da Velha Guarda da Nenê de Vila Matilde

Confira a programação completa:

  • Quintas-feiras

14/11
20h – Raquel Tobias

A cantora e compositora paulistana Raquel Tobias surge no cenário do samba em 2006 ao integrar a ala das pastoras do Samba de Todos os Tempos. Em 2012, Raquel ingressa nas escolas de samba Imperatriz da Sul e Extremo Sul como intérprete oficial e atualmente marca presença em diferentes rodas da cidade.

  • Sextas-feiras

8/11
20h – Velha Guarda Musical da Nenê de Vila Matilde

Com a participação do compositor e intérprete Marco Antônio e mais alguns componentes, a Velha Guarda Musical, formada em dezembro de 2002, apresenta sambas consagrados da tradicional agremiação paulistana como “Casa Grande e Senzala”, “Zona Leste Somos Nós”, “Narciso Negro”, entre outros.

Fundada em 1949 por Seu Nenê, que foi presidente da escola por 47 anos, a Nenê de Vila Matilde foi a agremiação que conquistou mais títulos do Carnaval de São Paulo até 2000. Afilhada da escola carioca Portela, protagonizou a primeira roda de samba televisionada para todo o Brasil, em 1970.

15/11
20h – Roberta Oliveira e o Bando de Lá

Roberta Oliveira surge no cenário do samba em 2007 ao integrar o Kolombolo Diá Piratininga. No ano seguinte, funda a Ala dos Compositores e entra para o grupo de Pastoras do grêmio.

O Bando de Lá é formado por Matheus Nascimento (violão), Felipe Augusto (cavaco), Luiz Ribeiro (violão de sete cordas), Monalisa Madalena (pandeiro), Mônica Silva (surdo) e Binho Geronimo (congas).

  • Sábados

9/11
17h – Paraguassú na Linha do Mar

O grupo de samba de roda Paraguassú na Linha do Mar revive o ritmo, a melodia e a alegria das rodas de samba da Ilha de Itaparica, localizada na Bahia.

Comandado pelo Mestre Jaime de Mar Grande, nativo da ilha, o grupo sustenta as raízes do samba de roda trazendo para São Paulo boa parte do repertório, da memória ancestral e alegria legada pelos mestres dessa manifestação cultural.

21h – Nega Duda

Dulcinéia Cardoso, conhecida como Nega Duda, nasceu em São Francisco do Conde, o berço do samba de roda baiano. Herdeira de uma tradição oral passada por sua avó, sua apresentação traz uma experiência vista apenas dentro dos terreiros de Angola ainda existentes no Brasil. Seu objetivo é divulgar o samba de roda do Recôncavo Baiano, um dos fundamentos do samba brasileiro como um todo.

16/11
17h – Trio Gato com Fome 

O trio formado por Cadu Ribeiro no pandeiro, Gregory Andreas no cavaquinho e Renato Enoki no violão de sete cordas apresenta ao público um repertório recheado de obras inéditas, além de canções pouco revisitadas de autores consagrados, descobertas em pesquisa do grupo.

A apresentação exalta o humor sempre presente na obra de importantes nomes da história do samba, como Moreira da Silva, Jorge Veiga e, principalmente, dos paulistas Adoniran Barbosa, Germano Mathias e Demônios da Garoa.

+ Samba SP:

Compartilhe:

Tags: #Samba SP