Últimas notícias:

Loading...
EM ALTA

Teatro em SP: espet√°culos bem diversos ocupam a cidade! ūüé≠

Não esqueça de usar máscara, levar álcool em gel e consultar os protocolos de segurança adotados por cada espaço!

Por: Redação

S√£o Paulo √© a terra do teatro! Aqui temos pe√ßas para pessoas de todos os gostos, idades e bolsos. E, para te ajudar a escolher ao que assistir, preparamos uma listinha bem especial com alguns dos melhores espet√°culos em cartaz na cidade. Bora mergulhar nesse universo? ūüíö

teatro em SP
Crédito: Créditos ao longo do postA programação de teatro em SP está demais!

Depois de tanto tempo de pandemia, o teatro vai, aos poucos, ocupando novamente os palcos de SP. Mas, para aproveitar ao máximo todo esse cardápio incrível de espetáculos, é preciso se prevenir contra a Covid-19 e Influenza!

#VivaACidadeNaResponsa: ao comparecer aos eventos, n√£o se esque√ßa de levar o seu passaporte de vacina√ß√£o. Sempre lembre de usar a m√°scara de prote√ß√£o, andar com √°lcool em gel e sair de casa somente se necess√°rio! Caso perten√ßa ao grupo de risco ou conviva com algu√©m que precise de maiores cuidados, evite passeios presenciais. A situa√ß√£o √© s√©ria! Vamos nos cuidar para sair desta pandemia o mais r√°pido poss√≠vel. Combinado? ūüíö


Fique ligado(a)! Por conta do novo aumento de pessoas contaminadas pelo Coronav√≠rus, muitos eventos t√™m sido adiados ou cancelados. Para n√£o deixar de aproveitar seu rol√™, antes de sair de casa, confirme nos sites, bilheterias, teatros e plataformas de vendas de ingressos se n√£o ocorreram altera√ß√Ķes na sua atra√ß√£o.

Ah, não se esqueça também de prestar atenção aos protocolos de segurança adotados em cada espaço e de levar sempre com você seu comprovante de vacinação contra o coronavírus, pois muitos lugares exigem a apresentação desse documento.

Bora para as nossas dicas de peças de teatro em SP? Dá uma olhada:

  • A Flor do Meu Bem-Querer

Curte uma com√©dia de costumes? Ent√£o n√£o perca “A Flor do Meu Bem-Querer”, em cartaz no Teatro Opus Frei Caneca at√© 8 de maio.

Com texto de Juca de Oliveira, o espet√°culo re√ļne um grande elenco: Rosi Campos, L√©o Stefanini, Nilton Bicudo, D√©o Patr√≠cio, Natallia Rodrigues, Daniel Warren e o pr√≥prio Juca. Isso sem contar a locu√ß√£o em off de Angela Dippe.

A Flor do Meu Bem-Querer, teatro em SP
Cr√©dito: Jo√£o Caldas F¬ļ - divulga√ß√£o/ Ag√™ncia TAGAPe√ßa escrita por Juca de Oliveira encerra temporada paulistana em 8 de maio

Na narrativa, Nh√ī Roque vive o drama da afilhada Flor, que engravida do Senador com poucas perspectivas de que o filho seja reconhecido pelo pai. A Fazenda Bem-Querer √© vendida e eles t√™m que sair, o que √© em si, uma enorme trag√©dia. Dos Anjos, como mulher respons√°vel por Flor, potencializa os problemas de Nh√ī Roque porque o drama da afilhada a atinge com mais for√ßa.

Quando? Até 8 de maio, às sextas, às 20h, aos sábados, às 19h, e, aos domingos, às 18h
Onde? Teatro Opus Frei Caneca РShopping Frei Caneca РR. Frei Caneca, 569, Consolação
Quanto? De R$30 a R$140, dependendo do lugar e do tipo de ingresso, compre seu ticket aqui
Duração? 90 minutos | Classificação? Livre

  • Nossa Vida N√£o Vale um Chevrolet

O premiado espetáculo acompanha quatro irmãos que precisam lidar com a morte do pai e suas consequências em um meio onde não se é possível confiar em ninguém.

Nossa Vida N√£o Vale um Chevrolet
Cr√©dito: Edson Kumasaka - divulga√ß√£o - Ag√™ncia F√°ticaA premiada pe√ßa “Nossa Vida N√£o Vale um Chevrolet” estreia o novo palco do Cemit√©rio de Autom√≥veis

Os filhos do ladr√£o de carros Osvaldo Castilho n√£o parecem ter um rumo certo na vida. Enquanto a √ļnica mulher, Magali, vive como stripper e tem um relacionamento com o mau car√°ter Gomes, os irm√£os Monk e Lupa seguem roubando carros. O mais novo do bando, Slide, sem dom para o crime, tenta aproveitar a oportunidade de se tornar um lutador de rua.

Ao mesmo tempo, a solitária Silvia se envolve com cada um dos homens da família Castilho. A precariedade em que vivem os personagens é menos uma condição social do que um estado de espírito.

A direção e o texto são de Mário Bortolotto. O elenco é formado por Carcarah, Rebecca Leão, Eldo Mendes, Daniel Sato, Alexandre Tigano, Débora Stérr, Paulo Jordão e Ian Uviedo.

Quando? Até 8 de maio, de quarta a sábado, às 21h, e, aos domingos, às 20h
Onde? Novo Teatro Cemitério de Automóveis РRua Francisca Miquelina, 155, Bela Vista
Quanto? R$40 (inteira) e R$20 (meia-entrada), compre o ingresso aqui
Duração? 70 minutos | Classificação? 16 anos

  • Ay, Carmela!

No espet√°culo “Ay, Carmela!”, com texto do espanhol Jos√© Sanchis Sinisterra, durante a guerra civil espanhola, Carmela e Paulino, dois humildes comediantes de variedades que percorrem a zona republicana apresentando o seu show, passam por engano para a zona nacionalista dominada pelos fascistas.

Ay, carmela!. teatro em SP
Cr√©dito: Ronaldo Gutierrez - divulga√ß√£o/ Canal Aberto Assessoria de Imprensa“Ay, Carmela!” faz temporada no Teatro S√©rgio Cardoso

Uma vez lá, para tentar sobreviver, eles devem improvisar uma apresentação teatral em honra às tropas vencedoras, perante altos comandantes militares e prisioneiros republicanos. Uma história que aborda amor e morte, violência e ternura, sobrevivência, resistência e compaixão.

A direção é de Lavínia Pannunzio e o elenco conta com Flávia Couto e Paulo Williams.

Quando? Até 29 de maio, de quinta a domingo, às 19h
Onde? Teatro Sérgio Cardoso РSala Paschoal Carlos Magno РRua Rui Barbosa, 153, Bela Vista
Quanto? R$40 (inteira) e R$20 (meia-entrada), compre o ingresso aqui
Duração? 90 minutos | Classificação? 14 anos

  • Henrique IV

O encenador mineiro Gabriel Viela faz a estreia presencial do espet√°culo “Henrique IV” no Sesc Vila Mariana. O texto foi adaptado da obra hom√īnima do escritor italiano Luigi Pirandello (1867-1936).

Henrique IV, Gabriel Vilela, teatro em SP
Cr√©dito: Jo√£o Caldas - divulga√ß√£o/ Canal Aberto Assessoria de Imprensa“Henrique IV” estreia no Sesc Vila Mariana

Na trama, Pirandello explora os limites entre a loucura e a lucidez a partir da história de um homem que, após sofrer uma queda de cavalo e uma pancada na cabeça, vive (ou finge viver) o personagem que representava em uma festa de carnaval.

No elenco estão Chico Carvalho, Rosana Stavis, Hélio Cícero, André Hendges, Regina França, Rogerio Romera, Jonatan Harold, Breno Manfredini e Artur Volpi. Gabriel Vilela assina a direção, a adaptação e os figurinos. O cenário de J C Serroni aposta em características circenses, com direito a picadeiro e arena.

Quando? At√© 5 de junho, de quinta a s√°bado, √†s 21h, e, aos domingos e feriados, √†s 18h | *Sess√£o de 1¬ļ/6, √†s 15h
Onde? Teatro Antunes Filho ‚Äď Sesc Vila Mariana – Rua Pelotas, 141, Vila Mariana
Quanto? R$40 (inteira), R$20 (meia-entrada) e R$12 (credencial plena), compre o ingresso aqui
Duração? 90 minutos | Classificação? 14 anos

  • Canto das Ditas – Fragmentos Afrografados de Cidade Tiradentes

O coletivo Filhas da Dita apresenta o espet√°culo “Canto das Ditas – Fragmentos Afrografados de Cidade Tiradentes” de maneira gratuita at√© o dia 15 de maio.

Canto das Ditas - Fragmentos Afrografados de Cidade Tiradentes
Cr√©dito: Areta Padma - divulga√ß√£o/ VERBENA ASSESSORIA “Canto das Ditas – Fragmentos Afrografados de Cidade Tiradentes” faz temporada gratuita

Para refletir sobre como a √Āfrica se manifesta no dia a dia das moradoras de Cidade Tiradentes, o grupo “afrografou” o bairro – refer√™ncia ao termo “afrografias”, criado pela poetisa e ensa√≠sta Dra. Leda Maria Martins e que coloca em evid√™ncia e consci√™ncia a nossa heran√ßa africana. Assim, o trabalho coloca em cena narrativas de mulheres pretas da regi√£o que se entrecruzam com hist√≥rias de Yab√°s (orix√°s femininas).

A montagem busca o reflexo dessas situa√ß√Ķes do cotidiano em um espelho m√≠tico das personagens sagradas. A m√ļsica d√° o tom da encena√ß√£o, apresentando a voz e o canto dessas mulheres em um cen√°rio que se estabelece entre o ritual e o urbano contempor√Ęneo.

A direção e a dramaturgia são de Antonia Mattos. No elenco estão Ellen Rio Branco, Lua Lucas, Luara Sanches, Thábata Letícia e Cláudio Pavão. Já a direção musical é assinada por Jonathan Silva.

Quando e onde? At√© 15 de maio | 29 e 30 de abril e 1¬ļ, 5 e 6 de maio, √†s 19h, no Teatro Fl√°vio Imp√©rio (Rua Prof. Alves Pedroso, 600, Canga√≠ba) | 13 e 14 de Maio, √†s 21h, e 15 de maio, √†s 19h, no Teatro Alfredo Mesquita (Av. Santos Dumont, 1770, Santana)
Quanto? Gr√°tis | Bilheteria abre 1 hora antes do espet√°culo
Duração? 70 minutos | Classificação? 14 anos

  • Hip-Hop Blues – Esp√≥lio das √°guas

Chove, chove muito. Os rios transbordam e ocupam SaŐÉo Paulo, reivindicando seu lugar de fala, de existeŐāncia. “Hip-Hop Blues ‚Äď EspoŐĀlio das aŐĀguas”, do N√ļcleo Bartolomeu de Depoimentos, eŐĀ um espetaŐĀculo tecido em fragmentos. Ap√≥s uma temporada no Sesc Santana, o trabalho segue em cartaz no Galp√£o do Folias.

Hip-hop Blues - Esp√≥lio das √Āguas
Cr√©dito: Cristina Maranh√£o - divulga√ß√£o/ Canal Aberto Assessoria de Imprensa“Hip-hop Blues – Esp√≥lio das √Āguas” fica em cartaz no Galp√£o do Folias

Em um galpaŐÉo, algo que parece ser um teatro, seis atores refletem e ensaiam tentando dar contorno a estes tempos. Em um jogo ceŐānico que fricciona depoimento e ficcŐßaŐÉo, o centro da aŐĀgora eŐĀ permeado por histoŐĀrias e ancestralidades que revelam e contrapoŐÉem o racismo, a moralidade, a lgtqia+fobia, a intoleraŐāncia, a supremacia branca e patriarcal e seus inuŐĀmeros bracŐßos estruturais.

A direção é de Claudia Schapira, que também assina a dramaturgia, em parceria com o elenco.  Os atores e atrizes-MC’s são Cristiano Meirelles, Dani Nega, Eugênio Lima, Luaa Gabanini, Nilcéia Vicente e Roberta Estrela D’Alva.

Quando? Até 22 de maio, às sextas e Sábados, às 21h, e, aos domingos, às 19h
Onde?¬†Galp√£o do Folias – Espa√ßo Reinaldo Maia –¬†Rua Ana Cintra, 213
Quanto? R$30 (inteira), R$15 (meia-entrada) e R$10 (morador do bairro), compre o ingresso aqui ou direto na bilheteria
Duração? 90 minutos | Classificação? 12 anos

  • Woyzeck, uma desterritorializa√ß√£o em curso

Celebrando 17 anos de atividades ininterruptas em S√£o Paulo, o Grupo Redimunho estreia seu novo trabalho na Ocupa√ß√£o 9 de Julho: “Woyzeck, uma desterritorializa√ß√£o em curso”.

Woyzeck, uma desterritorialização em curso, Grupo Redimunho
Cr√©dito: Jardiel Carvalho - divulga√ß√£o/ Rafael Ferro Produ√ß√Ķes “Woyzeck, uma desterritorializa√ß√£o em curso” fica em cartaz at√© julho

Na trama, Woyzeck √© um soldado alem√£o da mais rasa patente, naturalmente ap√°tico e perturbado, estrangulado socialmente por sua condi√ß√£o econ√īmica que o relega √† margem da sociedade.

Exclu√≠do e oprimido pelas diversas for√ßas que regem o sistema no qual est√° inserido, ele aparentemente sem sa√≠da, perde totalmente sua capacidade de reagir diante das situa√ß√Ķes limites provocadas pelo seu capit√£o e o m√©dico do quartel, de tal forma que a sua ru√≠na mental √© inevit√°vel.

O espet√°culo √© baseado integralmente no texto inacabado do jovem dramaturgo alem√£o Georg Buchner, morto em 1837, aos 23 anos. A encena√ß√£o tenta trazer quest√Ķes do nosso tempo sem rupturas estruturais da obra Bucheriana.

A direção e a dramaturgia são de Rudifran Pompeu. No elenco estão Amanda Preisig, Anísio Clementino, Breno Carvalho,Bruna Aragão,Caio Silviano,Carolina Moreira, Danilo Amaral,Flávia Teixeira, Giovanna Galdi, Jandilson Vieira, Keyth Pracanico, Luis Aranha, Luiza Torres, Neide Nell, Patricia Borin, Pedro Felício, Pedro Poema e Tatiana Polistchuk.

Quando? Até 25 de julho, aos domingos e segundas, às 19h
Onde?¬†Ocupa√ß√£o 9 de Julho (MSTC) –¬†Rua √Ālvaro de Carvalho, 427, Bela Vista
Quanto? R$30 (inteira) e R$15 (meia-entrada) | Bilheteria estará aberta sempre 1h antes do início do espetáculo
Duração? 150 minutos | Classificação? 14 anos

  • Foxfinder – A Ca√ßa

A premiada pe√ßa “Foxfinder ‚Äď A Ca√ßa”, in√©dita no Brasil, √© uma par√°bola dist√≥pica que retrata o nascimento e o avan√ßo do fascismo e do medo em uma sociedade. William Bloor, um Agente Oficial do Estado, chega √† fazenda de Samuel e Jude Covey para investigar uma suspeita de contamina√ß√£o ali.

Foxfinder ‚Äď A Ca√ßa, teatro em SP
Cr√©dito: Halei Rembrandt - divulga√ß√£o/ Pombo Correio Assessoria de Imprensa“Foxfinder ‚Äď A Ca√ßa” faz temporada gratuita no Teatro S√©rgio Cardoso

Ele √© orientado a destruir raposas, animais que, segundo a propaganda estadista, amea√ßam as produ√ß√Ķes e colheitas agr√≠colas do pa√≠s. Entretanto, apesar da escassez de alimentos, nenhuma raposa tem sido vista pelos campos. Conforme suas investiga√ß√Ķes avan√ßam, os eventos que seguem da√≠ mudam o curso de suas vidas e cren√ßas.

O texto √© da brit√Ęnica Dawn King, com tradu√ß√£o de Carolina Fabri e dire√ß√£o de Wallyson Mota.¬† No elenco, al√©m de Fabri, est√£o Eduardo Mossri, Carol Vidotti e Ernani Sanchez. Complementam a encena√ß√£o as proje√ß√Ķes em v√≠deo do coletivo BijaRi.

Quando? Até 14 de junho, às segundas e terças, às 19h
Onde? Teatro Sérgio Cardoso РSala Paschoal Carlos Magno РRua Rui Barbosa, 153, Bela Vista
Quanto? Gr√°tis, reserve o ingresso aqui
Duração? 80 minutos | Classificação? 14 anos

  • Madame e a Faca Cega

Depois de cumprir uma temporada online, a pe√ßa “Madame e a Faca Cega” faz sua estreia presencial no Alvenaria Espa√ßo Cultural Colaborativo.

Madame e a Faca Cega, Nossa Companhia, teatro em SP
Cr√©dito: Jo√£o Val√©rio - divulga√ß√£o/ Fabio Camara Assessoria de Imprensa e Produ√ß√Ķes“Madame e a Faca Cega” faz uma temporada presencial em maio

O espet√°culo da Nossa Companhia √© livremente inspirado em um trecho do livro “Os Componentes da Banda”, de Ad√©lia Prado, e aborda relacionamentos t√≥xicos e abusivos. Na hist√≥ria, Vera √© uma mulher l√©sbica de 40 anos casada com Lais, que precisa encontrar sua pr√≥pria voz.

O texto mostra a libertação catártica de Vera, quando ela identifica seu verdadeiro algoz. De maneira geral, o trabalho reflete sobre essa busca de uma felicidade imposta que não é real.

A dramaturgia e a direção são de Tati Bueno e o elenco conta com Alexandra DaMatta.

Quando? Até 26 de maio, às quartas e quintas, às 20h
Onde? R$40 (inteira) e R$20 (meia-entrada), compre o ingresso aqui
Quanto? Alvenaria Espaço Cultural Colaborativo РRua Turiassu 799, Perdizes
Duração? 45 minutos | Classificação? 16 anos

  • Donna Summer

Com dire√ß√£o de Miguel Falabella, o musical “Donna Summer” volta a ocupar o palco paulistano. O espet√°culo est√° em temporada no Audit√≥rio do Ibirapuera at√© 19 de junho!

Donna Summer Musical
Crédito: Caio Galucci - divulgaçãoKarin Hills interpreta Donna Summer em sua fase mais madura da carreira

Com texto original de Colman Domingo, Robert Cary & Des McAnuff e m√ļsicas de Donna Summer, Giorgio Moroder & Paul Jabara, o trabalho retrata a vida eletrizante da diva. O p√ļblico entra em contato com seus amores tempestuosos e hits planet√°rios que a fizeram uma das mais importantes personalidades da hist√≥ria da m√ļsica mundial.

São retratadas três fases de sua trajetória: Jovem Donna (interpretada por Amanda Souza), Disco Donna, no auge do sucesso (Jeniffer Nascimento) e Diva Donna, nos seus 50 anos e ainda no topo de sua carreira (Karin Hils).

Quando? At√© 19 de junho, √†s sextas, √†s 16h e 21h, aos s√°bados, √†s 17h e √†s 20h, e, aos domingos, √†s 16h e 19h | Aten√ß√£o: n√£o haver√° sess√£o nos dias 29 e 30 de abril e 1¬ļ de maio
Onde? Audit√≥rio do Ibirapuera – Av. Pedro √Ālvares Cabral, s/n – Port√£o 2, Moema
Quanto? De R$75 a R$240, dependendo do lugar e do tipo de ingresso, garanta seu ticket aqui
Duração? 100 minutos (sem intervalo) | Classificação? 12 anos

  • Esperando Godot

Ap√≥s uma temporada de sucesso no Sesc Pompeia, o espet√°culo “Esperando Godot”, montado pelo Teatro Oficina, faz apresenta√ß√Ķes em sua querida sede, no Bixiga.

Com direção do inigualável Zé Celso, a peça conta a história de Estragão e Vladimir, dois palhaços vagabundos que se encontram no fim do mundo, na encruzilhada entre a paralisia e a tomada da ação. Ambos esperam por Godot, embora não saibam quem ou o que é.

Esperando Godot, teatro Oficina, Teatro em SP
Cr√©dito: Jennifer Glass - divulga√ß√£o/ Reprodu√ß√£o: site do Sesc Pompeia“Esperando Godot” faz temporada no Teatro Oficina

Durante a espera, a dupla cruza com as personagens que passam pela estrada: Pozzo ‚Äď O Domador, Felizardo ‚Äď A Fera e O Mensageiro, que traz not√≠cias inquietantes que podem determinar a perpetua√ß√£o da in√©rcia ou a liberta√ß√£o total da paralisia numa reviravolta absurda. Mas afinal, at√© quando Esperar Godot?

No elenco est√£o Alexandre Borges, Marcelo Drummond, Ricardo Bittencourt, Roderick Himeros e Tony Reis.

Quando? Até 26 de junho, de quinta a sábado, às 20h, e aos domingo, às 18h
Onde? Teatro Oficina – Rua Jaceguai, 520, Bixiga
Quanto? De R$30 (meia-entrada de quinta e sexta) a R$80 (inteira de s√°bado e domingo), dependendo do dia da semana e do tipo de ingresso, compre o ticket aqui

  • A Pane

As imperfei√ß√Ķes e cat√°strofes que t√™m levado nosso mundo ao colapso s√£o tratadas na pe√ßa ‚ÄúA Pane‚ÄĚ, inspirada em um conto do autor su√≠√ßo Friedrich D√ľrrenmatt (1921-1990).

Cr√©dito: Ronaldo Gutierrez - Pombo Correio Assessoria de ImprensaEspet√°culo “A Pane” √© inspirado em um conto de Friedrich D√ľrrenmatt

Com dire√ß√£o de Mal√ļ Bazan, a montagem apresenta um jogo em que juristas aposentados encenam suas antigas ocupa√ß√Ķes. E agora eles n√£o est√£o mais presos √†s formas, aos protocolos e √†s leis dos tribunais.

Ao brincar de fazer justiça, os personagens nos fazem questionar o conceito e o sistema de justiça, além das estruturas do nosso mundo. O elenco traz Antonio Petrin, Oswaldo Mendes, Heitor Goldflus, Roberto Ascar, Cesar Baccan e Marcelo Ullmann.

Quando? 6 de maio a 12 de junho, às sextas, às 21h, aos sábados, às 20h, e, aos domingos, às 18h
Onde?
Teatro Faap РRua Alagoas, 903, Higienópolis
Quanto? S√°bados e domingos: R$ 80 (inteira) e R$ 40 (meia-entrada) | Sextas: R$ 60 (inteira) e R$ 30 (meia-entrada), compre o ingresso aqui
Duração? 70 minutos | Classificação? 14 anos

  • Morte e Vida Severina

Ap√≥s 56 anos, a obra mais popular de Jo√£o Cabral de Melo Neto (1920 – 1999) volta ao Teatro Tuca, local onde estreou, em 1965. Desta vez, “Morte e Vida Severina” √© dirigida por Elias Andreato e re√ļne 13 talentosos jovens de v√°rias cidades do Brasil.

“Morte e Vida Severina” √© um auto de natal pernambucano, publicado em 1954/55. Sua vers√£o teatral conta com m√ļsicas de ningu√©m menos que Chico Buarque.

Morte e Vida Severina, Teatro em SP
Cr√©dito: Jo√£o Caldas F¬ļ - divulga√ß√£o/ Morente Forte Assessoria de Imprensa“Morte e Vida Severina” est√° em cartaz no Tuca

A pe√ßa faz um relato da vida √°rida do povo do sert√£o nordestino. O sofrimento enfrentado por Severino √© um retrato ‚Äď ainda atual ‚Äď dos migrantes nordestinos que buscam uma exist√™ncia mais digna nas grandes cidades. Em sua viagem rumo a uma vida melhor, o protagonista encontra morte, desespero, mis√©ria e fome.

Ao chegar à capital pernambucana se desilude, pois a realidade que encontra ali não é muito diferente da do sertão. Pensa em suicídio, mas o nascimento de uma criança faz renascer sua esperança, apesar das dificuldades. Assim, a saga nordestina se desenha, revelando a alma de um povo que caminha forte em sua fé.

No elenco est√£o Dudu Galv√£o, Andr√©a Bassitt, Badu Morais, Beatriz Amado, Fernando Rubro, Gabriella Britto, Ivan Vellame, Jana Figarella, Jo√£o Pedro Attuy, Jonathan Faria, Pablo √Āscoli, Patricia Gasppar e Raphael Mota. A dire√ß√£o musical √© de Marco Fran√ßa.

Quando? Até 26 de junho, de sexta e sábado, às 21h, e aos domingos, às 19h
Onde? TUCA ‚Äď Teatro da PUC-SP – Rua Monte Alegre, 1024, Perdizes
Quanto? Entre R$40 e R$100, dependendo do dia e do tipo de ingresso, compre o ticket aqui
Duração? 90 minutos | Classificação? 12 anos

  • Modernistas

Cinco atores se revezam para dar vida a Anita Malfati, Oswald de Andrade, Tarsila do Amaral, Mario de Andrade e outros personagens tão importantes para a realização da Semana de Arte Moderna de 1922.

Modernistas, Cia Viradalata
Cr√©dito: Natalia Angelieri - divulga√ß√£o/ Cia Viradalata Cia Viradalata celebra o legado da Semana de 22 em “Modernistas”

Como um elemento de cena imprescind√≠vel, as proje√ß√Ķes ajudam a apresentar tais personagens e suas obras, possibilitando ao p√ļblico uma experi√™ncia enriquecedora e transformadora.

O espet√°culo “Modernistas”, da Cia Viradalata, tem texto e dire√ß√£o de Alexandra Golik e, no elenco est√£o Bebel Ribeiro, Diego Rodda, Joice Jane Teixeira, Marco Barretho e Rennata Airoldi.

Quando? Até 8 de maio, aos sábados, às 20h30, e aos domingos, às 19h
Onde? Teatro Viradalata РRua Apinajés, 1387, Perdizes
Quanto? R$40 (inteira) e R$20 (meia-entrada), compre o ingresso aqui

  • Tatuagem

Novo trabalho da Cia da Revista estreia no dia 14 de abril. O musical inspirado no filme hom√īnimo de Hilton Lacerda tem dire√ß√£o de Kleber Montanheiro e 24 m√ļsicas do extinto grupo As Ba√≠as.

O cenário é Recife, em 1978. A trupe teatral Chão de Estrelas é liderada pelo extravagante Clécio Wanderley e tem Paulete como a principal estrela do grupo.

Em uma noite de show, eles recebem a visita do cunhado de Paulete, o jovem Fininha, que é militar. Encantado com o universo criado pela companhia, ele logo é seduzido por Clécio. Os dois iniciam um tórrido relacionamento, que coloca Fininha frente a um grande problema: lidar com a repressão existente no meio militar em plena ditadura. Um espetáculo sobre o amor e a liberdade em tempos de opressão.

Musical Tatuagem, Cia da Revista
Cr√©dito: Rodrigo Chueri - divulga√ß√£o/ Pombo Correio Assessoria de Imprensa“Tatuagem” √© um musical inspirado em um filme hom√īnimo

Algo interessante é que, para transpor toda essa atmosfera criada pelo Chão de Estrelas no filme, a Cia. da Revista modificou até a estrutura de seu espaço. A plateia, por exemplo, será acomodada em cadeiras e mesas de dois lugares e até o hall de entrada e a fachada do espaço foram repensados para lembrar a sede do grupo fictício.

No elenco est√£o Andr√© Torquato, Bia Sabi√°, Cleom√°cio In√°cio, GuRez√™, J√ļlia Sanchez, Lua Negr√£o, Lucas Truta, Mateus Vicente, Nat√°lia Quadros, Rom√°rio Oliveira e Z√© Gui Bueno.

Quando? Até 5 de junho, de quinta a sábado, às 21h, e aos domingos, às 19h
Onde? Espaço Cia da Revista РAlameda Nothmann, 1135, Campos Elíseos
Quanto? Às quintas: R$80 (inteira), R$40 (meia-entrada) e R$200 (mesa, com direito a dois lugares) | às sextas: grátis, distribuídos na bilheteria por ordem de chegada | aos sábados e aos domingos: R$20 (inteira), R$10 (meia-entrada) e R$40 (mesa, com direito a dois lugares)
Classificação? 16 anos | Duração? 135 minutos com intervalo | Compre o ingresso aqui

  • Mulheres que Nascem com os Filhos

Depois de estrear nos palcos cariocas no come√ßo deste ano, a pe√ßa “Mulheres que Nascem com os Filhos”, idealizada e protagonizada pelas atrizes Samara Felippo e Carolinie Figueiredo e dirigida por Rita Elm√īr, chega a S√£o Paulo.

Mulheres que Nascem com os Filhos
Cr√©dito: Lorena Zschaber - divulga√ß√£o/ Pombo Correio Assessoria de Imprensa“Mulheres que Nascem com os Filhos” √© indicada para todos e todas que s√£o filhos e filhas

Indicada para mulheres, m√£es, homens e todos que s√£o filhos, a montagem aborda de forma sens√≠vel, bem-humorada e sarc√°stica ‚Äď como a pr√≥pria vida das m√£es ‚Äď o cotidiano e os dilemas do universo da maternidade, al√©m da trajet√≥ria de renascimento da mulher com a chegada desse momento.

Para o trio de artistas-criadoras, o espet√°culo funcionou como uma esp√©cie de cura, j√° que elas puderam revisitar suas rela√ß√Ķes com a maternidade e a ancestralidade.

Quando? Até 5 de junho, às sextas e aos sábados, às 21h; e aos domingos, às 19h
Onde? Shopping Frei Caneca РRua Frei Caneca, 569, 401A, Consolação
Quanto? R$60 (inteira) e R$30 (meia-entrada), compre o ingresso aqui 
Duração? 60 minutos | Classificação? 12 anos

  • Diabinho e outras pe√ßas curtas de Caryl Churchill

Para coroar o surgimento do IBT – Instituto Brasileiro de Teatro, uma organiza√ß√£o sem fins lucrativos cuja proposta √©, entre outras coisas, apresentar espet√°culos a pre√ßos populares, o p√ļblico pode conferir o primeiro trabalho deles no Teatro do MASP.

Trata-se de uma uni√£o de quatro pe√ßas curtas de Caryl Churchill, importante dramaturgo brit√Ęnico. ‚ÄúVidro‚ÄĚ, a primeira, √© a hist√≥ria de uma menina feita de vidro que se depara com a quest√£o da fragilidade imposta a ela pela sociedade. Em ‚ÄúMatar” os deuses discorrem com ironia sobre os mitos gregos, questionando sobre sua responsabilidade nos atos de viol√™ncia hist√≥ricos praticados pelos seres humanos.

Diabinho e outras peças curtas de Caryl Churchill
Cr√©dito: Gabriel Bianchini - divulga√ß√£o/ Pombo Correio Assessoria de Imprensa“Diabinho e outras pe√ßas curtas de Caryl Churchill” marca o lan√ßamento do BT – Instituto Brasileiro de Teatro

Em ‚ÄúBarba Azul” um grupo de amigos se re√ļne para beber, em uma conversa divertida sobre seu amigo de longa data, recentemente condenado pelo assassinato de suas esposas. ‚ÄúDiabinho‚ÄĚ, a √ļltima das hist√≥rias, brinca com a quest√£o da cren√ßa ao apresentar personagens que est√£o o tempo todo afirmando e tamb√©m duvidando da exist√™ncia de algo que vai al√©m da sua compreens√£o – como a presen√ßa de um diabinho dentro de uma garrafa.

O IBT é formado por Guto Portugal, Elisa Volpatto, Oliver Tibeau, Samya Pascotto e José Aragão. No elenco desse primeiro espetáculo estão Noemi Marinho, Norival Rizzo, Elisa Volpatto, Johnnas Oliva, Mayara Constantino e Rafael Pimenta. A direção é de Guto Portugal.

Quando? Até 5 de junho, às sextas e sábados, às 20h30, e aos domingos, às 19h
Onde? Teatro do MASP ‚Äď Av. Paulista 1578, Bela Vista
Quanto? 1kg de alimento não perecível, distribuição dos ingressos 2h antes do espetáculo

  • A √öltima Sess√£o de Freud

Um encontro fict√≠cio entre Sigmund Freud, o pai da Psican√°lise, e o escritor C. S. Lewis √© imaginado no espet√°culo ‚ÄúA √öltima Sess√£o de Freud‚ÄĚ, dirigido por Elias Andreato e estrelado por Odilon Wagner e Claudio Fontana.

Cr√©dito: Jo√£o Caldas F¬ļ - divulga√ß√£o - Pombo Correio Assessoria de ImprensaOdilon Wagner e Claudio Fontana estrelam esse grande espet√°culo de teatro em SP

Na trama, esses dois grandes pensadores do s√©culo 20 discutem de forma acalorada ‚Äď e bem ir√īnica ‚Äď sobre a possibilidade da exist√™ncia de Deus. O debate tamb√©m passa por temas como o sentido da vida, a natureza humana, o sexo, a morte e as rela√ß√Ķes humanas.

Quando? Até 26 de junho, às sextas, às 20h; aos sábados, às 21h; e aos domingos, às 18h
Onde? Teatro Vivo ‚Äď Avenida Dr. Chucri Zaidan, 2460 (antigo 860), Morumbi
Quanto? R$80 (inteira) e R$40 (meia-entrada), compre seu ingresso aqui
Classificação? 12 anos | Duração? 80 minutos

  • Sweeney Todd ‚Äď O Cruel Barbeiro da Rua Fleet¬†

A vers√£o brasileira para o aclamado musical ‚ÄúSweeney¬†Todd¬†‚Äď O Cruel Barbeiro da Rua Fleet‚ÄĚ, estrelada pelo gal√£ Rodrigo Lombardi e dirigida pelo conceituado Z√© Henrique de Paula, vai te deixar todo(a) arrepiado(a)!

teatro em SP
Cr√©dito: Stephan Solon - Ag√™ncia TagaUma dicona de teatro em SP √© o musical “Sweeney Todd – O Cruel Barbeiro da Rua Fleet”

A famosa f√°bula macabra da Broadway, escrita originalmente por Stephen Sondheim, √© inspirada no livro ‚ÄúO Colar de P√©rolas‚ÄĚ, dos brit√Ęnicos Thomas Peckett Prest¬†e¬†James Malcom Ryme. A trama acompanha o drama do barbeiro Benjamin Barker, que se viu obrigado a ir embora de Londres por conta de uma briga com o cruel Juiz Turpin.

Após 15 anos afastado da cidade, ele retorna sob o nome de Sweeney Todd e sedento por vingança.  Ao chegar ao lugar onde funcionava sua antiga barbearia, na Rua Fleet, Todd se depara com uma arruinada loja de tortas administrada pela Dona Lovett. Os dois personagens tenebrosos vão unir forças para que ele se vingue de Turpin, e ela faça sua loja crescer.

O elenco ainda traz Andrezza Massei, Mateus Ribeiro, Guilherme Sant’anna, Dennis Pinheiro, Caru Truzzi, Gui Leal, Amanda Vicente, Elton Towersey, Pedro Navarro, Diego Luri, Renato Caetano, Sofie Orleans, Pedro Silveira, Edmundo Vitor, Bel Barros, Pamella Machado e Davi Novaes. A direção musical é de Fernanda Maia.

Quando? Até 5 de junho, às sextas, às 21h30, aos sábados, às 16h e 20h, e aos domingos, às 18h
Onde? 033 Rooftop do Teatro Santander – Complexo do Shopping JK – Av. Juscelino Kubitschek, 2041, Itaim
Quanto? R$220 (√°rea VIP), R$200 (banco da Rua Fleet), R$180 (plateia) e R$75 (setor 2) | Compre aqui
Classificação? 16 anos | Duração? 120 minutos

  • A Lista

A grande atriz Lilia Cabral e sua filha Giulia Bertolli contracenam no espet√°culo ‚ÄúA Lista‚ÄĚ, com texto de Gustavo Pinheiro e dire√ß√£o de Guilherme Piva.

Cr√©dito: Pino Gomes - divulga√ß√£o - Adriana Balsanelli Assessoria de ImprensaUma bela dica de teatro em SP √© o espet√°culo “A Lista”, com Lilia Cabral e Giulia Bertolli

No enredo, a aposentada Laurita se v√™ obrigada, por for√ßa das circunst√Ęncias, a estabelecer contato com sua jovem vizinha Amanda. O encontro das duas detona um turbilh√£o de sentimentos, lembran√ßas e descobertas que marcar√£o suas vidas para sempre.

Quando? Até 12 de junho, aos sábados, às 20h30, e aos domingos, às 18h
Onde? Teatro Renaissance ‚Äď Alameda Santos, 2233, Jardim Paulista
Quanto? R$100 (inteira) e R$50 (meia-entrada) | Compre aqui
Classificação? 12 anos | Duração? 80 minutos

  • Anjo de Pedra

O cl√°ssico teatral ‚ÄúAnjo de Pedra‚ÄĚ, do dramaturgo norte-americano Tennessee Williams ganha uma montagem brasileira com dire√ß√£o de Nelson Baskerville. A obra tamb√©m √© conhecida pela adapta√ß√£o cinematogr√°fica de 1961, dirigida por Peter Glenville.

Cr√©dito: Ronaldo Gutierrez - Pombo Correio Assessoria de Imprensa“O Anjo de Pedra” √© uma montagem do texto cl√°ssico de Tennessee Williams

No verão de 1916, John é um playboy mulherengo que está de férias da faculdade de medicina. Sua vizinha Alma é apaixonada por ele desde criança. Ela é filha de um pastor anglicano e teve uma educação bem rígida.

O romance entre eles não se desenvolve, porque ele acaba se envolvendo com uma moça mais jovem que ela. E a Alma resta a decisão de um final trágico ou libertador.

Em cena, est√£o Sara Antunes, Ricardo Gelli, Carolina Borelli, Luiza Porto, Thomas Huszar, Chris Couto, Selma Luchesi e Kiko Marques.

Quando? Até 15 de maio, às sextas e aos sábados, às 21h, e aos domingos, às 18h
Onde? Tucarena ‚Äď Rua Monte Alegre, 1024, Perdizes
Quanto? R$80 (inteira) e R$40 (meia-entrada), compre o ingresso aqui

  • Chicago

Um dos musicais da Broadway mais famosos no mundo todo, ‚ÄúChicago‚ÄĚ ganhou uma nova produ√ß√£o original brasileira, dirigida e coreografada pelo americano Bob Fosse e protagonizada por Emanuelle Ara√ļjo, Carol Costa e Paulo Szlot.

Cr√©dito: Pedro Dimitrow - divulga√ß√£oEmanuelle Ara√ļjo e Carol Costa protagonizam a vers√£o brasileira do musical da Broadway “Chicago”

Com m√ļsicas e coreografias ic√īnicas, o espet√°culo se passa em uma Chicago, nos Estados Unidos, da d√©cada de 1920 e faz uma cr√≠tica √°cida ao universo do show business, √†s celebridades instant√Ęneas e aos famosos criminosos.

Dentro da prisão Cook County Jail, você acompanha o drama de duas assassinas, a recém-chegada Roxie Hart e a veterana Velma Kelly, que domina o pedaço. As duas competem entre si para se tornar a sensação midiática do momento, provar sua inocência e conquistar novamente a liberdade.

Dessa forma, elas planejam um retorno triunfal e glamuroso a essa sociedade feita de aparências. Elas contam com a ajuda de Mama Morton, a carcereira daquele bloco, para que possam entrar em contato com Billy Flynn, um advogado famoso por livrar assassinos conhecidos.

D√° uma olhada:

Quando? Até 29 de maio, às quintas e sextas, às 21h; aos sábados, às 17h e às 21h; e aos domingos, às 15h e às 19h
Onde? Teatro Santander ‚Äď avenida Presidente Juscelino Kubitschek, 2041, Itaim Bibi
Quanto? R$75 (frisa/balc√£o) a R$340 (setor premium) | Compre aqui

  • C√°rcere ou Porque as Mulheres Viram B√ļfalos

Mulheres fortes que precisam lidar com o encarceramento de seus entes queridos s√£o retratadas pela pe√ßa ‚ÄúC√°rcere ou Porque as Mulheres Viram B√ļfalos‚ÄĚ, da Cia. de Teatro Heli√≥polis, com texto de Dione Carlos e dire√ß√£o de Miguel Rocha.

Cr√©dito: Weslei Barba - Verbena Assessoria“C√°rcere ou Porque as Mulheres Vira B√ļfalos” prop√Ķe reflex√Ķes sobre as mulheres e o sistema prisional

A montagem parte da história de duas irmãs gêmeas, Maria dos Prazeres e Maria das Dores, que tiveram suas vidas marcadas pela prisão dos homens de sua família: o pai, o companheiro de uma e o filho da outra.

Dentro do pres√≠dio, o jovem Gabriel ‚Äď que sonha em ser desenhista ‚Äď aprende as estrat√©gias de sobreviv√™ncia para lidar com as disputas internas de poder e a falta de perspectivas inerente ao sistema carcer√°rio. Ao mesmo tempo, elas precisam encontrar mecanismos para tentar romper com os ciclos de opress√£o que as aprisionam em exist√™ncias sem futuro.

O elenco conta com Ant√īnio Valdevino, Dalma R√©gia, Danyel Freitas, Davi Guimar√£es, Isabelle Rocha, Jefferson Matias, Jucimara Canteiro, Priscila Modesto e Walmir Bess.

Quando? Até 5 de junho, às sextas e as sábados, às 20h, e aos domingos, às 19h
Onde? Sede da Companhia de Teatro Heli√≥polis –¬† Rua Silva Bueno, 1533, Ipiranga
Quanto? Pague Quanto Puder | reserve seu ingresso aqui
Classificação? 14 anos | Duração? 105 minutos

Quer mais rolês maravilhosos para curtir em SP? Dá uma olhada:

Compartilhe:

?>