Últimas notícias:

Loading...

‘Tocando o Terror’ festeja o gênero do horror no Sesc Santo Amaro

Projeto arrepia pessoas de todas as idades com peças de teatro, sonorização ao vivo de clássico do cinema, feira de livros, ilusionismo e muito mais!

Por: Redação

Até 21 de agosto de 2022

Terça - Quarta - Quinta - Sexta - Sábado - Domingo

diferentes dias e horários (consulte a programação)

Zumbis, bruxas, demônios e outros seres assustadores estão soltos no Sesc Santo Amaro. Isso porque a unidade celebra o gênero horror nas diversas artes no projeto “Tocando o Terror”, que acontece entre os dias 6 e 21 de agosto.

Os ingressos custam no máximo R$40, mas muitas atividades são gratuitas. E fique ligado(a), porque rolê no Sesc sempre é concorrido, então já acesse este link aqui para garantir sua entrada.

Kisser Clan - Tocando o Terror
Crédito: Marcos Hermes - divulgação - Adriana Balsanelli Assessoria de ImprensaKisser Clan, de Andreas Kisser e seu filho Yohan, é um dos destaques do projeto Tocando o Terror

Entre os destaques dessa programação aterrorizante está o show do Kisser Clan, banda do guitarrista Andreas Kisser, do Sepultura, com seu filho Yohan Kisser (voz e guitarra), no dia 13 de agosto, às 20h.

Eles tocam um repertório especial bem heavy metal inspirado pelo tema do projeto, acompanhados pelos músicos Amilcar Christófaro (bateria), Gustavo Giglio (baixo) e Renato Zanuto (teclados).

Outra atração é o projeto Caranguejo-Escorpião Sonoriza, que exibe o clássico do cinema de horror “A Noite dos Mortos-Vivos” (1968), de George A. Romero, sonorizado ao vivo pela dupla Cauê Bravim e Daniele Dantas. A atração é gratuita e acontece na praça coberta, no dia 12, às 19h.

Crédito: Cena de "A noite dos mortos vivos" - reprodução-internet“A Noite dos Mortos-Vivos” é sonorizado ao vivo pelo projeto Caranguejo-Escorpião

No filme, a radiação provocada pela queda de um satélite faz com que os mortos saiam de suas covas para se alimentar das pessoas vivas. Diante do caos, um grupo de pessoas encurraladas em uma casa lutam para sobreviver.

Para quem curte teatro, a dica é assistir ao espetáculo “Cabeça Oca”, da Cia. Talagadá – Teatro de Formas Animadas, no dia 14, às 16h. O trabalho mistura bonecos, máscaras e vídeo, em uma estética influenciada pelo surrealismo e outras vanguardas artísticas do século 20.

Já a criançada vai curtir a peça “O Esquisito Jardim do Sr. Estranho”, com Sabre de Luz Teatro, encenada na praça coberta da unidade, no dia 13, às 17h. Na história, os irmãos Frances e Francine são ávidos por histórias de aventura e suspense e vivem em uma enorme mansão macabra. Longe dos pais, eles possuem uma única diversão: brincar no esquisito jardim.

Crédito: André Crispin- divulgação - Adriana Balsanelli Assessoria de ImprensaA criançada vai curtir o espetáculo “O Esquisito Jardim do Senhor Estranho” no projeto “Tocando o Terror”

A programação do projeto “Tocando o Terror” ainda conta com feira de livros de suspense e terror, show da banda Atalhos, contação de histórias de assombração com a Cia. Dona Conceição, dois bate-papos, um espetáculo de ilusionismo com Caio Ferreira e o jogo de teatro de improviso (larp – live action role play) “Larp Testamento do Barão”, com a Confraria das Ideias.

Curtiu? Confira aqui a programação completa do projeto “Tocando o Terror”.


#VivaACidadeNaResponsa: ao comparecer aos eventos, não se esqueça de levar o seu passaporte de vacinação. Sempre lembre de usar a máscara de proteção, andar com álcool em gel e sair de casa somente se necessário! Caso pertença ao grupo de risco ou conviva com alguém que precise de maiores cuidados, evite passeios presenciais. A situação é séria! Vamos nos cuidar para sair desta pandemia o mais rápido possível. Combinado? 💚


Fique ligado(a)! Por conta do novo aumento de pessoas contaminadas pelo Coronavírus, muitos eventos têm sido adiados ou cancelados. Para não deixar de aproveitar seu rolê, antes de sair de casa, confirme nos sites, bilheterias, teatros e plataformas de vendas de ingressos se não ocorreram alterações na sua atração.

Dá uma olhada neste outro rolê arrepiante:

Compartilhe:

?>