Conheçam o castelo de Edimburgo, um dos mais lindos e visitados do mundo

Por: Catraca Livre Comunicar erro

O Castelo de Edimburgo está situado em Castle Rock, um rochedo formado após um vulcão que entrou em erupção há mais de 340 milhões de anos. O primeiro castelo que existia sobre o rochedo era conhecido como “O Castelo das Donzelas”. Segundo a lenda, o castelo tinha sido um santuário para as “nove donzelas”, uma das quais era Morgan le Fay –a feiticeira dos contos do Rei Arthur.

O Castle Rock foi base militar e residência real durante séculos. No entanto, o edifício que é conhecido hoje como o Castelo de Edimburgo foi construído durante o século 12 por David I, filho de St. Margaret of Scotland.

Entre o final do século 18 e início do século 19, o Castelo de Edimburgo foi usado para manter os prisioneiros militares de muitas guerras da Inglaterra. O castelo tornou-se um monumento nacional em 1814, após uma fuga em massa provando que o castelo não poderia manter prisioneiros. Durante os séculos 19 e início do século 20, o castelo foi sendo restaurado lentamente. Cerimônias militares começaram a ser realizadas lá e, em 1927, parte do castelo foi transformado no Memorial da Guerra Nacional Escocesa. (recurso)

Principais atrações

Imagem via: http://www.edinburghcastle.gov.uk[/img]

One o’Clock Gun

O canhão da uma hora recebeu esse nome porque ele é disparado todos os dias, exceto aos domingos, às 13h00, desde 1861.

Imagem via: http://www.edinburghcastle.gov.uk[/img]

The Royal Scots Dragoon Guards Regimental Museum & The Royal Scots Regimental Museum

Esses dois museus são independentes e contam as histórias da Escócia através de obras de arte, recordações e relatos pessoais. Os horários de funcionamento podem ser diferentes do resto do castelo. O Royal Scots foi criado em 1633 e foi até 2006, o mais antigo regimento de infantaria do exército britânico. Ele ganhou 149 honras de batalha ao redor do mundo e era conhecido como “Guarda-Costas de Pôncio Pilatos”, devido à sua antiguidade como o primeiro britânico regimento de infantaria da linha. O Royal Scots Dragoon Guards foi criado para ajudar o Rei Charles II a combater os dissidentes religiosos do século 17.

Mons Meg

Uma das armas mais famosas do mundo, o canhão Mons Meg foi dado ao Rei James II pelo Duque Philip de Burgundy em 1457. Ele era capaz de disparar uma bala de 150 kg até uma distância de 3,2 km (duas milhas) com efeitos devastadores. Olhe para o cano e você pode facilmente imaginar o poder da Mons Meg.

Half-Moon Battery

A bateria em forma de meia-lua dá ao castelo seu perfil único. Canhões poderiam ser disparados de seus muros altos e grossos para os principais alvos. Escondido dentro é um segredo medieval – a bateria foi construída em torno das ruínas da Torre de David, que dominou o castelo na Idade Média.

Royal Palace

Este palácio contém os antigos aposentos da realeza. No piso superior encontra-se uma pequena sala, conhecida como Câmara de Nascimento ou Sala de Maria, local onde Maria, Rainha dos Escoceses, deu a luz ao futuro Rei Jaime VI em 1566. O edifício foi profundamente remodelado para a visita do Rei Jaime VI ao castelo em 1617.

The Honour of Scotland: The Scottish Crown Jewels

A coroa, cetro e espada do estado são as mais antigas jóias da coroa nas Ilhas Britânicas. Coletivamente, eles são conhecidos como as Honras da Escócia. Eles foram usados juntos pela primeira vez para a coroação da Maria, Rainha dos Escoceses em 1543. O Cetro foi apresentado ao James IV pelo Papa Alexandre VI, em 1494, enquanto a Coroa foi usada pela primeira vez por James V para a coroação de sua esposa, a rainha Mary de Guise em 1540.

Imagem via: http://www.edinburghcastle.gov.uk[/img]

The Stone of Destiny

Os reis da Escócia foram coroados sobre esta pedra enigmática por séculos. Mas em 1296, o rei Inglês Edward I pegou a Pedra e mandou construir seu trono. Em 1996, a pedra foi devolvida à Escócia. Você pode vê-la na sala da coroa. A pedra só vai deixar a Escócia novamente quando houver uma coroação na Abadia de Westminster, na Inglaterra.

Great Hall

Este famoso telhado de madeira medieval é um dos mais notáveis na Grã-Bretanha. Concluído em 1511 por James IV,  o monarca cavalheiresco teve pouca oportunidade de apreciar o seu esplendor – ele foi morto na Batalha de Flodden em 1513, lutando contra as forças do rei Henrique VIII da Inglaterra. Aqui você encontra uma enorme coleção de armas e armaduras ao redor das paredes desta sala.

Scottish National War Memorial

O comovente e magnífico Scottish National War Memorial homenageia os mortos da Primeira e Segunda Guerras Mundiais e de campanhas militares desde 1945. Aqui você explora o simbolismo notável e decoração do memorial de guerra que inclui cenas vívidas da Primeira Guerra Mundial representadas em vitrais, escultura que significa coragem, paz, justiça e sobrevivência de espírito, além de animais que representam vícios e virtudes.

Fotos não são permitidas lá dentro[/img]

Prisons of War

Um dos ambientes mais interessantes do castelo! Mergulhe nas profundezas abaixo da Great Hall e do prédio Queen Anne em dois níveis de porões de pedras cavernosas que foram por muitos anos usados como prisões de guerra. Prisioneiros da França, Estados Unidos, Espanha, Holanda, Irlanda, Itália, Dinamarca e Polônia foram mantidos aqui.

Esta é outra prisão, a prisão militar[/img]

Ainda há muito mais pra ver no Castelo. Aqui vão mais algumas fotos pra vocês!

Se você quiser visitar o Castelo de Edinburgo, consulte o site oficial para obter informações sobre preços e horários de atendimento.

Veja também:

Onde ficar em Edimburgo / Where to stay in Edinburgh: Light House Hostel

O que fazer em Edimburgo / What to do in Edinburgh: Ghost & Ghouls Tour

O que fazer em Dublin / What to do in Dublin: Dublin Castle

Esperamos que tenha gostado! E aproveite para curtir a nossa fanpage no Facebook, seguir a gente no Instagram e se inscrever no nosso Canal do Youtube para não perder mais nenhuma dica!