Eduardo Kobra faz mural em Moscou inspirado em bailarina russa

O mural “A Bailarina”, inspirado na russa Maya Plisetskaya, retrata um fragmento de o “Lago dos Cisnes”

Por: Redação | Comunicar erro

Cada vez mais reconhecido internacionalmente, o muralista paulista Eduardo Kobra, 37 anos, entregou hoje mais uma obra, desta vez em Moscou, na Rússia.

O mural “A Bailarina”, inspirado na bailarina russa Maya Plisetskaya, fica no distrito Tverskoy, importante região cultural da cidade. A cena retrada é um fragmento de o “Lago dos Cisnes”, balé dramático do compositor russo Piotr Llitch Tchaikovsky (1840-1893).

Divulgação
O mural “A Bailarina” foi inspirado na  bailarina russa Maya Plisetskaya

Plisetskaya é um dos principais nomes do balé russo e completará 88 anos no próximo dia 20 de outubro.

Depois de Moscou, o muralista brasileiro segue para São Petersburgo para conhecer o local de sua próxima obra. O painel, que será pintado no ano que vem, fará parte do acervo do Museu de Street Art, a ser inaugurando em 2015 com trabalhos de artistas do mundo todo.

Divulgação
O mural “O Beijo está no Ar”, que fica na 10th Avenue, em Manhattan

Kobra já pintou muros em Nova York e Los Angeles, mas a maioria de suas obras está espalhada por São Paulo, onde seus trabalhos hiperrealistas e/ou multicoloridos podem ser vistos na Vila Madalena, nas avenidas Paulista, Faria Lima, Henrique Schaumann, Rebouças, Tiradentes e 23 de Maio (nesta última há um enorme “mural da memória” de 1.000 m² em preto e branco retratando a São Paulo antiga) e no aeroporto de Congonhas.

Divulgação
O “Mural da Memória”, na 23 de Maio, retrata cenas da São Paulo antiga

Compartilhe: