Teatro Porto Seguro é inaugurado e visa revitalização do centro

Por: Redação | Comunicar erro

Com o objetivo de revitalizar a região central de São Paulo, mais especificamente o bairro do Campos Elíseos, a Porto Seguro inaugura seu mais novo empreendimento cultural, o Teatro Porto Seguro, localizado na alameda Barão de Piracicaba, número 740. O projeto faz parte do Complexo Cultural Porto Seguro, onde também consta um restaurante, um café e o Espaço Cultural da empresa, que contará com exposições de diversas vertentes culturais a partir do segundo semestre de 2015.

De acordo com Fabio Luchetti, presidente da Porto Seguro, os investimentos da empresa em projetos culturais fazem um contraponto à degradação do centro histórico da cidade. “Resolvemos embarcar nesta missão de revitalizar o bairro [Campos Elíseos]. Aqui é uma região muito bonita, mas que precisa de cuidados”, afirma.

Com 4.100 m², o mais novo teatro de São Paulo comporta até 508 pessoas sentadas, em poltronas espaçosas e confortáveis. Além disso, o espaço também conta com acomodações para pessoas com necessidades especiais, e todo o acesso ao teatro também foi pensado para atender esse público.

A programação tem início em 6 de maio e vai contar com shows de Ney Matogrosso, Tiago Abravanel e Maria Rita, em três datas diferentes. O primeiro espetáculo teatral do espaço será a montagem de “NINE – Um Musical Felliniano”, com direção de Charles Möeller e Claudio Botelho, apresentado a partir de 23 de maio.

Para quem for visitar o Teatro Porto Seguro de transporte público, o espaço conta com um serviço gratuito de vans, que vai buscar e levar o público à estação Luz do Metrô. O serviço vai funcionar de terça a sexta, das 19h à meia-noite; aos sábados, das 13h à meia-noite; e aos domingos, das 13h às 23h.

Associação Campos Elíseos +gentil

Aproveitando a questão da revitalização do bairro, a Porto Seguro vai realizar na próxima semana uma série de ações a fim de engajar a comunidade a participar da Associação Campos Elíseos +gentil. O projeto visa levantar questões de pertencimento e gentilezas entre as pessoas (que moram, trabalham ou transitam por lá) e o bairro, por meio do cuidado com a limpeza e a manutenção dos espaços públicos da região.

Compartilhe: