Últimas notícias:

Loading...

Turismo comunitário faz a diferença em vila de pescadores no Ceará

Nos arredores de Fortaleza, visitantes podem se hospedar em pensões caiçaras, navegar de jangada e perambular entre lagoas, dunas e restingas

Por: Redação

Por Camila Fróis, da Garupa

A brisa é suave de janeiro a junho e mais forte de julho a dezembro. Algumas dunas são móveis, outras fixas, mas a areia é sempre clara e fina, as lagoas doces, o mar calmo e os coqueiros verdinhos, prontos para oferecer sombra depois de uma trilha pelos arredores. A 130 km de Fortaleza, a Prainha do Canto Verde já foi uma tradicional vila de pescadores e rendeiras, com paisagens primitivas, casario simples mergulhado em areia, tartarugas desovando na praia e jangadas bailando no horizonte. Depois veio o turismo, os viajantes sedentos de sol e mar –e continuou tudo igual. Ou quase. Salvo por algumas poucas e pequenas pousadas administradas pelos próprios moradores, o cenário pouco mudou nas últimas décadas nesse reduto do litoral cearense.

Entre as atrações locais, o mergulho na Lagoa do Córrego de Sal é quase um ritual obrigatório entre os hóspedes. Depois dela, navegar em um catamarã à vela, conhecer manguezais, se render às trilhas pelas restingas, ou encarar um sobe e desce infinito pelas dunas a bordo de um bugue estão entre as possibilidades. Tudo oferecido pelos próprios moradores, reunidos em uma associação local. Os caiçaras também são responsáveis pela criação de uma Reserva Extrativista (RESEX Prainha do Canto Verde), demarcada em 2009 após muitos anos de reivindicações. O intuito é impedir a pesca predatória e garantir a preservação dos recursos naturais.

Além de conhecer um modelo de turismo autêntico e capaz de gerar desenvolvimento local, ficar hospedado na Prainha é também uma das melhores formas de explorar os arredores. Os passeios oferecidos ali incluem visitas até às comunidades vizinhas como Morro Branco, cercada de incríveis falésias coloridas, à Praia de Ponta Grossa, onde se avistam tartarugas e peixes-boi e a mais pop Canoa Quebrada, que dispensa apresentações.

Serviço

A Prainha do Canto Verde fica a 30 km do centro do município de Beberibe (CE) e 130 km da capital Fortaleza pela Rodovia CE-040. A associação de moradores locais oferece passeios de barco, bugre e carro, além de trilhas pela praia e região. Na praia há três opções de pousadas e restaurantes de moradores. Para mais informações, visite o site da associação: prainhadocantoverde.org.

* A Garupa é o primeiro portal de crowdfunding do Brasil criado para financiar iniciativas de turismo sustentável: viagens que protegem a natureza, melhoram a qualidade de vida e a economia de destinos incríveis de norte a sul do país.

O crowdfunding é uma vaquinha online. Pelo site da Garupa (garupa.juntos.com.vc) você conhece projetos inspiradores que precisam de dinheiro para sair do papel. E pode doar qualquer valor pra eles. Em troca, ganha recompensas relacionadas àquela experiência turística sustentável que está ajudando –pode ser de uma receita típica, uma peça de artesanato ou até a viagem em si.

Compartilhe:

Tags: #Transporte