Instituto contrata pessoas para ‘bolar’ cigarros de maconha

Cigarros de maconha serão objeto de pesquisa realizada pelo Instituto Nacional de Abuso de Drogas, do governo norte-americano

Por: Redação | Comunicar erro

Em nome da CIÊNCIA, o governo federal dos Estados Unidos anunciou um processo seletivo, no mínimo, polêmico.

Isso porque, o Instituto Nacional de Abuso de Drogas (NIDA, em inglês) está selecionando candidatos cuja habilidade se resume, em português claro, a “bolar” cigarros de maconha que serão avaliados em um estudo – e para isso será necessário uma grande quantidade.

Estudo pagará R$ 12 mil para voluntários testarem o real efeito da maconha

Crédito: Getty Images/iStockphotoPara se candidatar, é necessário apresentar a licença exigida para o consumo de maconha

No site da instituição, um texto detalha a função dos ‘boladores profissionais’, que consiste em “manufaturar cigarros padronizados com diferentes concentrações de delta-9-THC e analisar força e estabilidade deles em diferentes intervalos, além de ter capacidade de manter um ambiente seguro de envio dos cigarros para pesquisadores”.

Quem pode se candidatar ? 

Entre os requisitos, os interessados devem apresentar “extensa experiência em desempenhar a tarefa do projeto e demonstrar ter à disposição equipamentos e locais de produção adequados”.

Além disso, para realizar a função, é necessário apresentar as licenças necessárias para o uso da erva – e, neste caso, só serão aprovados candidatos com antecedente, considerado por eles, “impecável”.

Compartilhe:

1 / 3
1
01:20
5 dicas para ser um freela bem sucedido
Existem vários pontos positivos em atuar como freelancer no mercado. Mas, para conseguir ser bem sucedido nessa carreira é preciso …
2
02:02
O que as pessoas estão fazendo para superar o desemprego em São Paulo
Conversamos com diversas pessoas para entender as principais dificuldades para encontrar uma oportunidade de trabalho em São Paulo. Elas também …
3
01:36
5 mudanças da reforma trabalhista
Confira o que mudou na relação entre trabalhador em empresa com a aprovação da reforma trabalhista. Gostou? Deixe um like e …