Como melhorar a comunicação com seu filho

Nomear e escrever as emoções pode ajudar no processo de autogestão emocional

Por: Redação

Ser mãe ou pai é aprender sobre as próprias emoções, enquanto vai descobrindo os sentimentos dos filhos desde o nascimento. Ao longo de toda a história da humanidade, foi na interação com familiares que os encontros ou desencontros foram acontecendo e fomos aprendendo técnicas emocionais e sociais básicas.

Entretanto, mesmo na era do conhecimento onde aprende-se muito sobre competências e aprendizagem como ferramenta para potencializar a gestão nas organizações, ainda não se sabe muito bem como promover encontros essenciais com os filhos.

5 PASSOS PARA MELHORAR A COMUNICAÇÃO ENTRE PAIS E FILHOS
Valorize momentos de convivência familiar. Foto: BigStock

Diário para as emoções

Existem muitos caminhos para os pais que desejam refletir e promover encontros essenciais com seus filhos. Um deles é a criação do Diário das Emoções, muito útil para identificar situações e pensamentos que desencadeiam suas emoções e observar como reage a eles. Este diário se configura numa ferramenta que auxilia a melhor comunicação familiar, valorizando os cinco passos fundamentais da preparação emocional. São eles:

1. Percepção das emoções do outro;
2. Reconhecimento da emoção como uma oportunidade de intimidade e orientação;
3. Escuta empática;
4. Desenvolvimento do vocabulário para expressar emoções;
5. Imposição de limites ajudando os filhos a encontrar soluções.

Continue lendo para identificar qual dos três tipos de pai você é

Texto produzido por Graça Santos e publicado no Personare.

1
02:01
As mentiras sobre as vacinas matam
Dr. Gonzalo Vecina, médico e fundador da Anvisa,  fala sobre as mentiras sobre as vacinas e o quanto o calendário …