Meninas de 6 anos acreditam que só meninos podem ser gênios

Estudos realizados pelas Universidades de Nova York, Princeton e Illinois constaram que já aos seis anos meninas acreditam que “só os meninos podem ser gênios”.

Os pesquisadores chegaram a esta conclusão depois de testes e experimentos com mais de 400 crianças com idades entre cinco e sete anos. Em um dos testes, foram apresentados jogos inventados. Um deles era indicado para crianças “muito, muito inteligentes” e outo para crianças “muito esforçadas”. A partir dos seis anos, as meninas, externaram pouco interesse no jogos para crianças “muito, muito inteligentes”.

As meninas podem se afastar da área da ciência.
Crédito: PicasaAs meninas podem se afastar da área da ciência.

Em entrevista ao jornal Folha de S. Paulo, Lilian Bian, uma das autoras da pesquisa disse que “É bem possível que, a longo prazo, isso afaste as meninas das carreiras supostamente ligadas a genialidade”.

Segundo os autores, o fator responsável por esse resultado, é um fenômeno cultural relacionado ao meio que a criança vive. A física Márcia Barbosa, um dos principais nomes na discussão de gênero também disse à Folha que tudo começa muito cedo. “Desde cedo passamos para as meninas a visão de que ela precisa ser bonitinha, princesinha. Segundo ela, com o tempo, este papel cria uma barreira. “Há uma autoexclusão neste processo de se enxergar como menos do que você é”.

Com informações de jornal Folha de S. Paulo

1 / 2
1
02:01
As mentiras sobre as vacinas matam
Dr. Gonzalo Vecina, médico e fundador da Anvisa,  fala sobre as mentiras sobre as vacinas e o quanto o calendário …
2
05:29
Como o estresse interfere na saúde do bebê
Claudio Basbaum, obstetra na Maternidade de São Luiz, é conhecido como o médico que implantou no Brasil o parto humanizado. Esse …