CORONAVÍRUS
Tudo o que você precisa saberÚltimas notícias e tudo que você precisa saber

Papel higiênico com frases machistas tem um destino: o lixo

Campanha #LimpandoPreconceito busca desconstruir textos contra a mulher publicados no Twitter

Por: Redação

Uma marca brasileira separou tuítes e criou um papel higiênico com frases machistas. O destino final deles: o lixo.

Catraca Livre criou o projeto Causando, apoiado pelo Carrefour, para mostrar como as marcas desenvolvem e assumem causas.

Dessa forma, a FreeCô, que produz bloqueador de odores sanitários, busca denunciar as frases que desvalorizam as mulheres.

Campanha FreeCô para o Dia da Mulher
Crédito: DivulgaçãoCampanha imprimiu em papel higiênico textos machistas para verificar reação de homens e mulheres

Estão impressos tuítes como: “Quem posta foto de biquíni não se dá o valor” e “Essa roupinha aí… Tá pedindo, né?”.

Elaborada pela agência agência Today, a campanha recebeu a hashtag #LimpandoPreconceito e tem sido trabalhada nas redes sociais.

Sem espaço para o machismo

A ação, lançada para o Dia da Mulher, não ficou só nisso. Um bar em São Paulo “com grande frequência de público”, segundo a FreeCô, foi escolhido para abastecer seus banheiros com o papel higiênico com frases machistas e para distribuir entre seus frequentadores.

Uma equipe de filmagem foi encarregada de gravar a opinião de homens e mulheres sobre os tuítes impressos e sobre preconceito.

Houve revolta com os textos. Tanto eles quanto elas manifestaram desagrado em relação ao que estava escrito.

Mas os textos do papel higiênico com frases machistas também viraram alvo de gargalhadas.

Campanha FreeCô para o Dia da Mulher
Crédito: DivulgaçãoPessoas foram convidadas a jogar no lixo os tuítes machistas

O objetivo da marca com esta ação é aproveitar sua força nas redes sociais e disseminar ao máximo a ideias contra o machismo e preconceitos em geral.

Compartilhe: