9 formas de paquerar no Carnaval sem ultrapassar limites

São muitas as maneiras de chegar nas mulheres sem assediá-las, basta ter RESPEITO; veja a lista

Entenda o que é assédio sexual e o que é paquera no Carnaval

Parece que o limite entre a paquera e o assédio sexual, principalmente durante o período Carnaval, ainda não está claro para muitos homens. Mas, ~por incrível que pareça~, há MUITAS formas de chegar em uma mulher sem ser machista e ultrapassar limites.

Como parte da campanha #CarnavalSemAssédio, o Catraca Livre listou 9 maneiras de paquerar na folia com respeito. Confira abaixo:

9 formas de paquerar uma mulher no Carnaval sem ser machista:

1. Não chegue encostando na cintura (ou resto do corpo) sem permissão (DICA: se ela quiser algo com você, dará algum indício com toda certeza);

2. Converse numa boa, sem usar adjetivos como “princesa”, “gatinha”, “linda”, “gostosa”, etc.;

3. Convide a mina para dançar;

4. Pergunte o nome dela;

5. Elogie sua fantasia (de maneira respeitosa, é claro) ou pergunte como ela a fez;

6. Se a fantasia for de algum personagem, diga algo como: “oi, eu também adoro essa personagem de que você está fantasiada”;

7. Puxe assunto sobre a música que está tocando;

8. Peça um pouco de glitter;

9. Olhe para a mina e, se ela olhar para você por algum tempo, tente trocar uma ideia;

E lembre-se: todos os itens citados acima só valem se houver com RESPEITO, beleza? Se ela disse não, é NÃO!

  • Sofreu assédio no Carnaval? Relate seu depoimento no formulário:

Campanha #CarnavalSemAssédio

Pelo terceiro ano consecutivo, o Catraca Livre promove a campanha #CarnavalSemAssédio com o objetivo de lutar por respeito na folia e pelo fim da violência contra a mulher. Quem está com a gente: a ONU Mulheres, a ONG Plan International, os blocos Mulheres Rodadas e Maria Vem Com as Outras, as redes Minha Sampa e Meu Recife, os coletivos Nós, Mulheres da Periferia, Não é Não e Vamos juntas? e as prefeituras de São Paulo e Salvador.

  • Leia mais:
1 / 8
1
06:43
Após ser acusado de comunista, Dimenstein cobra provas de Hasselmann
A deputada federal Joice Hasselmann perdeu a calma nas redes sociais ao atacar o jornalista Gilberto Dimenstein, acusando-o de militante …
2
04:53
Netflix e KondZilla lançam ‘Sintonia’, da periferia para o mundo
KondZilla tem razão quando afirma: "A favela venceu". “Sintonia”, a nova série da Netflix, prova isso. A ideia original é dele …
3
04:21
Sinais que indicam problemas no estômago
Ter tosse seca pode ser um sinal que o seu estômago não vai muito bem. Hoje, o Dr. Raul Cutait, médico …
4
03:43
O estrago de Frota é maior que o Bolsonaro poderia acreditar
Após ser expulso do PSL, o deputado federal Alexandre Frota confirmou sua filiação ao PSDB, partido de João Doria, governador …
5
03:03
Câmara aprova projeto de lei sobre abuso de autoridade
A Câmara dos Deputados aprovou o projeto de lei que define quais situações configuram abuso de autoridade. Agora, o texto …
6
04:07
Um pedido de desculpas à Angela Merkel pelas ofensas de Bolsonaro
Depois de dizer a um repórter que ele deveria fazer cocô dia sim, dia não para preservar o meio ambiente, …
7
03:26
Mortes provocadas pelo fim dos radares deveriam ter nome de Bolsonaro
O presidente Jair Bolsonaro determinou nesta quinta-feira, 15, a suspensão dos radares de fiscalização de velocidade móveis em rodovias federais …
8
04:56
‘Risk’, na Netflix, vaza a imagem não autorizada de Julian Assange
Será que, em um ato de coragem, você arriscaria sua própria liberdade para trazer à tona realidades que manipulam a …