Últimas notícias:

Loading...

Adolescente ia para casa de Gabriel Monteiro de uniforme, diz assessor

Testemunha contou que vereador costumava divulgar "a sua preferência por se relacionar com menores de idade".

Por: Redação

Em depoimento à Polícia Civil, que investiga o vazamento de um vídeo íntimo do vereador do Rio de Janeiro, Gabriel Monteiro (PL), fazendo sexo com uma adolescente de 15 anos, testemunhas afirmaram que a jovem ia para a casa do parlamentar vestindo o uniforme escolar.

Crédito: Reprodução/TVGloboAdolescente ia para casa de Gabriel Monteiro de uniforme, diz assessor

Ainda de acordo com testemunhas,  o vereador sabia que a adolescente era menor de idade, e ele ainda contava para pessoas ao seu redor que ela tem, apenas, 15 anos, divulgando “a sua preferência por se relacionar com menores de idade”.

Segundo a mesma testemunha, Gabriel Monteiro guardava os vídeos contendo relações sexuais com menores de idade no celular, ao qual ninguém tinha acesso, e também em discos duros externos criptografados, que ficavam trancados dentro de um cofre no quarto dele.

O vereador nega as acusações.

A Polícia Civil do Rio de Janeiro realizou uma operação de busca e apreensão na manhã desta quinta-feira, 7, em diversos endereços ligados a Gabriel Monteiro, no âmbito da investigação do vazamento do vídeo do parlamentar fazendo sexo com a adolescente de 15 anos.

Os mandados foram expedidos pelo Plantão Judiciário. Na decisão, o juiz Guilherme Grandmasson Ferreira Chaves, autoriza, a pedido do delegado Luís Armond, titular da 42ª DP, a apreensão de material e outros objetos que possa conter relação com a prática desse tipo de crime, como laptops, computadores, tablets, celulares, kindles, smartphones, mídias externas e portáteis, como HDs, pendrives, CDs e DVDs.