Últimas notícias:

Loading...

Advogada diz ler carta psicografada de vítimas da Boate Kiss para defender vocalista

Cantor teria iniciado show pirotécnico que resultou no incêndio da boate e morte de 242 jovens; carta seria de uma das vítimas, e causou repulsa na web

Por: Redação

O julgamento do incêndio que ocorreu em janeiro de 2013 na Boate Kiss, em Santa Maria, no Rio Grande do Sul, que deixou 242 mortos, entrou nesta quinta-feira, 9, em seu nono dia. Um depoimento levado pela advogada Tatiana Borsa, que defende o músico Marcelo de Jesus dos Santos, responsável por ter acendido o artefato pirotécnico na Boate Kiss, revoltou internautas e fez até mesmo familiares das vítimas saírem da sala.

Crédito: Reprodução/TwitterAdvogada de vocalista que iniciou show pirotécnico na Boate Kiss exibe suposta carta psicografada de uma das vítimas na tentativa de inocentar o cantor

A advogada se utilizou de uma carta que ela disse ter sido psicografada para tentar inocentar o vocalista da banda Gurizada Fandangueira. A suposta carta psicografada, exibida em julgamento através de áudio gravado, teria sido enviada por Guilherme Gonçalves, um dos 242 jovens mortos no incêndio.

“Ao invés de gastar nosso pensamento procurando por culpados, vamos nos unir em oração”, diz o áudio com a leitura do que seria a carta apresentado ao júri popular. “Procurem aceitar as determinações divinas. Eu também lamento tudo que ocorreu, mas só me resta me readaptar à realidade”, diria a mensagem de Guilherme Gonçalves.

A advogada se valeu da carta psicografada pois nela a vítima teria dito para inocentar os responsáveis pelo incêndio na Boate Kiss. Segundo Tatiana Borsa, a carta foi recebida pelo centro espírita Irmã Valquíria, localizado em Uberaba (MG), em 13 de junho de 2013, seis meses após a tragédia.

“A ficha ainda não caiu por completo, e o mês de janeiro ainda está vivo em minha memória. Estamos lutando tanto. Não está sendo fácil viver sem tantos afetos que deixamos”, diz o trecho exibido. “Até hoje estão procurando uma justificativa para a tragédia que me vitimou, que fez não só o Brasil chorar, como muitos pais.”

“Pai e mãe, estimaria vê-los longe de qualquer protesto. Os responsáveis também têm famílias e não tiveram qualquer intenção. Pensemos no fato como uma fatalidade”, diz o áudio. “Mãe e pai, continuem a caminhar com a certeza de que não me perderam de maneira nenhuma. Ao invés de gastar nosso pensamento procurando por culpados, eu os convido a nos unir em oração.”

Após o vídeo da advogada mostrar a carta psicografada de uma das vítimas da tragédia, internautas começaram a comentar que isso seria vergonhoso e um ultraje aos familiares de todas as vítimas.

Compartilhe:

?>