Advogado acusado de assédio na Rússia fala pela primeira vez

"Eu reconheço o meu erro e assumo as consequências dos meus atos", afirmou Diego Jatobá

Por: Redação | Comunicar erro
O advogado enviou um vídeo sobre o caso ao Fantástico

Em vídeo enviado ao Fantástico, da Globo, neste domingo, 24, o advogado pernambucano Diego Jatobá falou pela primeira vez sobre o caso de assédio contra uma mulher na Rússia. Nas imagens, que causaram revolta nas redes sociais, o ex-secretário de Turismo de Ipojuca e outros quatros torcedores constrangem uma estrangeira durante a Copa do Mundo.

“Sei que qualquer coisa que eu falar não vai minimizar a minha atitude. Mas eu reconheço o meu erro e assumo as consequências dos meus atos”, afirmou Jatobá, que não aceitou conceder entrevista ao programa, mas gravou um vídeo.

A Globo tentou entrevistar os homens que estão envolvidos na situação, mas eles não responderam ou negaram o pedido. Os outros brasileiros do vídeo são: Eduardo Nunes, tenente da Polícia Militar do município de Lages, em Santa Catarina; o engenheiro civil Luciano Gil Mendes Coelho, ex-secretário de Saúde e da Educação do Piauí; o jornalista Leonardo da Silva Júnior, de São Paulo; e Wallace Prado, estudante paulistano que mora na Irlanda.

Assista à entrevista na íntegra neste link.

No vídeo, brasileiros gritam “buceta rosa” para russa

Petição contra brasileiros de vídeo

A ativista russa Alena Popova criou uma petição on-line para punir os brasileiros que aparecem em um vídeo assediando uma mulher em seu país durante a Copa do Mundo. O abaixo-assinado é endereçado ao Ministério do Interior e à Embaixada do Brasil na Rússia.

“Acreditamos que os cidadãos estrangeiros presentes no vídeo devem se desculpar publicamente tanto para a mulher quanto a todos os cidadãos russos por machismo, desrespeito às leis da Federação Russa, desrespeito aos cidadãos russos, insultos e humilhação da honra e dignidade de um grupo”, escreveu Popova no Change.org.

No site, a russa incluiu imagens do momento do assédio e também uma reportagem local sobre o caso. No vídeo que viralizou e gerou revolta, torcedores brasileiros cercam uma mulher loira e cantam: “Essa é bem rosinha!”. Depois, mudam para “b… rosa!”.

Segundo a ativista, na Rússia, a lei oferece diversas opções para penalizar quem agride publicamente a dignidade de outra pessoa. Em relação aos torcedores brasileiros, Popova declarou que eles humilharam não só a mulher que aparece nas imagens, mas também “todas as mulheres da Rússia”.

“Assim, os cidadãos estrangeiros em vídeo podem ser responsabilizados por cometer um delito nos termos da Parte 1 do art. 5.61 do Código da Federação Russa sobre Infracções Administrativas”, explicou a feminista.

Assista:

Leia também:

1 / 8
1
03:46
‘Pretendo beneficiar um filho meu, sim’ diz Bolsonaro sobre embaixada
Em uma transmissão ao vivo pelas redes sociais, o presidente Jair Bolsonaro voltou a defender a nomeação de seu filho, …
2
03:15
Num ato de coragem, MBL pede desculpas publicamente
O jornalista Gilberto Dimenstein e a Catraca Livre já foram diversas vezes vítimas das milícias digitais do MBL com as …
3
03:04
O real motivo do ataque de Bolsonaro ao filme de Bruna Surfistinha
Jair Bolsonaro decidiu atacar o filme realizado por Deborah Secco sobre a ex-prostituta Bruna Surfistinha. Motivo oficial: o filme, usando …
4
02:13
Entenda os desdobramentos do caso Tabata Amaral no PDT
O PDT suspendeu a deputada federal Tabata Amaral e outros sete parlamentares que votaram a favor da reforma da Previdência, …
5
02:03
Incêndio em estúdio de animação em Japão deixa dezenas de mortos
Dezenas de pessoas morreram durante um incêndio criminoso que tomou conta do estúdio de animação da Kyoto Animation, na cidade …
6
02:19
Barragem abandonada corre risco de rompimento no interior de SP
Uma matéria publicada pelo G1 alerta para o risco de rompimento da barragem de água em Iaras, no interior de …
7
02:30
O que significa a gargalhada de Caetano Veloso?
Um vídeo do cantor Caetano Veloso gargalhando está viralizando nas redes sociais. O motivo da piada é a entrevista que …
8
01:51
Site ‘Não me Perturbe’ permite bloquear ligações de telemarketing
A Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) lançou o Não me Perturbe, site que permite bloquear ligações de telemarketing. O sistema …