Advogado acusado de assédio na Rússia fala pela primeira vez

"Eu reconheço o meu erro e assumo as consequências dos meus atos", afirmou Diego Jatobá

Por: Redação | Comunicar erro
O advogado enviou um vídeo sobre o caso ao Fantástico

Em vídeo enviado ao Fantástico, da Globo, neste domingo, 24, o advogado pernambucano Diego Jatobá falou pela primeira vez sobre o caso de assédio contra uma mulher na Rússia. Nas imagens, que causaram revolta nas redes sociais, o ex-secretário de Turismo de Ipojuca e outros quatros torcedores constrangem uma estrangeira durante a Copa do Mundo.

“Sei que qualquer coisa que eu falar não vai minimizar a minha atitude. Mas eu reconheço o meu erro e assumo as consequências dos meus atos”, afirmou Jatobá, que não aceitou conceder entrevista ao programa, mas gravou um vídeo.

A Globo tentou entrevistar os homens que estão envolvidos na situação, mas eles não responderam ou negaram o pedido. Os outros brasileiros do vídeo são: Eduardo Nunes, tenente da Polícia Militar do município de Lages, em Santa Catarina; o engenheiro civil Luciano Gil Mendes Coelho, ex-secretário de Saúde e da Educação do Piauí; o jornalista Leonardo da Silva Júnior, de São Paulo; e Wallace Prado, estudante paulistano que mora na Irlanda.

Assista à entrevista na íntegra neste link.

No vídeo, brasileiros gritam “buceta rosa” para russa

Petição contra brasileiros de vídeo

A ativista russa Alena Popova criou uma petição on-line para punir os brasileiros que aparecem em um vídeo assediando uma mulher em seu país durante a Copa do Mundo. O abaixo-assinado é endereçado ao Ministério do Interior e à Embaixada do Brasil na Rússia.

“Acreditamos que os cidadãos estrangeiros presentes no vídeo devem se desculpar publicamente tanto para a mulher quanto a todos os cidadãos russos por machismo, desrespeito às leis da Federação Russa, desrespeito aos cidadãos russos, insultos e humilhação da honra e dignidade de um grupo”, escreveu Popova no Change.org.

No site, a russa incluiu imagens do momento do assédio e também uma reportagem local sobre o caso. No vídeo que viralizou e gerou revolta, torcedores brasileiros cercam uma mulher loira e cantam: “Essa é bem rosinha!”. Depois, mudam para “b… rosa!”.

Segundo a ativista, na Rússia, a lei oferece diversas opções para penalizar quem agride publicamente a dignidade de outra pessoa. Em relação aos torcedores brasileiros, Popova declarou que eles humilharam não só a mulher que aparece nas imagens, mas também “todas as mulheres da Rússia”.

“Assim, os cidadãos estrangeiros em vídeo podem ser responsabilizados por cometer um delito nos termos da Parte 1 do art. 5.61 do Código da Federação Russa sobre Infracções Administrativas”, explicou a feminista.

Assista:

Leia também:

Compartilhe:

1 / 8
1
05:53
Síndrome de Bolsonaro explica embate com o vice-presidente
A batalha contra o vice Hamilton Mourão virou uma bomba para Jair Bolsonaro. Acabou em um desastrado vídeo postado no …
2
20:44
São Paulo, capital da Cultura | Entrevista por Catraca Livre
Atuando como Secretário Municipal de Cultura em São Paulo desde janeiro desse ano, Alê Youssef ainda está no começo da …
3
07:26
STF e o limite da liberdade de expressão
O presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), Dias Toffoli, anunciou em março a abertura de um inquérito para investigar casos …
4
01:03
Ex-presidente do Peru tenta suicídio após receber ordem de prisão
O ex-presidente do Peru Alan García morreu nesta quarta-feira,17, após atirar contra si mesmo em uma tentativa de suicídio em …
5
04:45
Famosos fazem desabafo sobre depressão
Recentemente, o humorista Whindersson Nunes publicou uma série de posts em sua rede social desabafando sobre um sentimento profundo de …
6
01:32
Quem disse que não dá para surfar na cidade?
A Surf House Brasil é o lugar perfeito para você quer aprender a surfar ou ficou com saudade de pegar …
7
01:45
Catedral de Notre Dame: 8 séculos de história queimam em Paris
Um incêndio de grandes proporções atingiu a Catedral de Notre Dame, em Paris. O local é um dos pontos turísticos …
8
02:29
Vídeo analisa a maior irresponsabilidade na vida de Bolsonaro
O presidente Jair Bolsonaro mandou desativar os radares de rodovias federais. Será que é uma boa ideia? A Folha de São …