Últimas notícias:

Loading...

Alexandre Frota pede CPI para investigar facada em Bolsonaro

“Foi na facada que ele ganhou as eleições”, afirmou o deputado

Por: Redação

Nesta segunda-feira, 13, o deputado federal Alexandre Frota (PSDB-SP) protocolou o pedido de abertura de CPI (Comissão Parlamentar de Inquérito) para investigar a facada contra Jair Bolsonaro (sem partido), então candidato à presidência em 2018.

Crédito: Roque Sá/Agência SenadoAlexandre Frota durante depoimento na CPMI da Fake News no Senado

Ao site Poder360, Frota afirmou que o agora presidente foi beneficiado eleitoralmente pelo ataque de Adélio Bispo.

“Bolsonaro tinha 8 segundos de televisão e passou a ter 24 horas […]. Foi na facada que ele ganhou as eleições”, disse.

Frota foi convidado para ingressar no PSL pelo próprio Bolsonaro e foi eleito com pouco mais de 150 mil votos.

O deputado foi expulso do partido acusado de infidelidade partidária por criticar Bolsonaro e votar contra a reforma da Previdência no segundo turno. Depois do episódio, ele se filiou ao PSDB.

A Facada em Bolsonaro

O então candidato à Presidência da República pelo PSL, Jair Bolsonaro, levou uma facada na região do tórax durante ato de campanha em Juiz de Fora, Minas Gerais, no dia 6 de setembro de 2018. Ele foi retirado por seguranças do local e levado para a Santa Casa de Misericórdia, de acordo com a Polícia Militar.

Crédito: Reprodução / TwitterO candidato foi atingido em Juiz de Fora

Ele estava sendo carregado por apoiadores no momento do ataque.

O suspeito de ter dado a facada foi identificado pela PM no mesmo dia como Adélio Bispo de Oliveira, que foi preso em flagrante e conduzido para a Delegacia da PF do município.

Compartilhe:

Tags: #bolsonaro