Últimas notícias:

Loading...

Alunos acham câmera escondida em banheiro de escola estadual de SP

O caso aconteceu na Zona Leste da capital paulista e a diretora da instituição que autorizou a instalação foi afastada do cargo

Por: Redação

Alunos da Escola Estadual Oswaldo Cruz, na Mooca, bairro da Zona Leste de São Paulo, encontraram câmeras escondidas nos banheiros da instituição de ensino. As informações foram obtidas pelo portal G1.

Crédito: Reprodução/Arquivo PessoalAlunos acham câmera escondida em banheiro de escola estadual de SP

As câmaras estavam instaladas nos rejuntes dos azulejos dos banheiros masculino e feminino.

As câmeras foram descobertas após um aluno do terceiro ano do ensino médio ser flagrado pela diretoria fumando maconha no banheiro, na última sexta-feira, 24. Para comprovar a acusação, a diretora apresentou uma foto que o jovem constatou se tratar de uma imagem de uma câmara de segurança.

Para confirmar sua suspeita, o estudante foi ao banheiro e localizou a câmera escondida no rejunte dos azulejos. A namorada dele, que também é aluna da escola, fez a checagem no banheiro feminino e constatou o mesmo.

O motorista Elias Almeida do Amaral, pai do estudante flagrado fumando maconha, contou que o filho acionou a polícia. Um boletim de ocorrência foi registrado no 18º DP.

No boletim de ocorrência, obtido pelo G1, a vice-diretora da escola, Nilsen Cristina Mendes, confirma que tinha conhecimento das câmeras de segurança nos banheiros da escola e explicou que as imagens são consultadas de forma excepcional, quando há alguma ocorrência, como brigas entre alunos e consumo de substâncias não permitidas.

De acordo com a Secretaria Estadual da Educação de São Paulo, não faz parte das diretrizes educacionais a instalação de câmeras de segurança nas escolas do estado.

Em nota, informou que os equipamentos já foram retirados e uma investigação foi instaurada para averiguar os fatos.

A diretora da unidade foi afastada até a conclusão das investigações, o aluno flagrado com maconha no banheiro foi suspenso por sete dias e os responsáveis foram notificados.

A Secretaria de Segurança Pública afirmou que o caso citado é investigado pelo 18º Distrito Policial.

Compartilhe:

Tags: #Escola
?>