CORONAVÍRUS
Tudo o que você precisa saberÚltimas notícias e tudo que você precisa saber

Anticoncepcional masculino é adiado após graves reações

Com informações da Revista Galileu 

Por: Redação

Oito anos após aplicações e realização de testes periódicos, foram divulgados os primeiros resultados do maior estudo sobre o uso do anticoncepcional masculino e suas consequências.

E a conclusão é, no mínimo, deplorável – se levado em conta a lógica de uma sociedade que aceita a condenação de mulheres, vítimas de efeitos semelhantes, desde a década de 1960.

Apesar da eficácia de 96% compatível com a de métodos femininos, os efeitos colaterais foram considerados danosos demais para liberar a versão masculina no mercado.

Para obter os resultados, o estudo submeteu 320 homens, entre 18 e 45 anos, que mantém relações monogâmicas estáveis.

Neles, foram aplicadas injeções bimestrais de hormônios supressores da produção de espermatozoides.
Nas primeiras 26 semanas os voluntários foram aconselhados a usar métodos alternativos conforme o número de células reprodutivas liberadas na ejaculação caísse para o nível aceitável de 1 milhão por mililitro (ml) de sêmen — em um homem fértil, a taxa é quinze vezes maior.

Comercializados desde os anos 60, pílulas anticoncepcionais podem causar trombose venosa profunda, acidente vascular cerebral (AVC) e infarto do miocardio
Crédito: Areeya_ann - FotoliaComercializados desde os anos 60, pílulas anticoncepcionais podem causar trombose venosa profunda, acidente vascular cerebral (AVC) e infarto do miocardio

Efeitos colaterais

Após a aplicação dos testes foram conhecidos os primeiros efeitos colaterais da pílula masculina: a maior tendência a desenvolver depressão (3%), dor excessiva no local da aplicação, acne e alterações de humor (3%).
Oito dos 266 homens que completaram o estudo tiveram dificuldades para retomar a produção normal de espermatozoides até 52 semanas após interromper o uso. Só quatro engravidaram suas parceiras.

Ainda segundo, o estudo 75% dos voluntários afirmaram que adotariam o método se ele estivesse disponível comercialmente, mas em 2011 o estudo foi interrompido com antecedência por órgãos fiscalizadores pelos riscos que ofereceria à saúde das cobaias. Antes disso, 20 dos participantes originais haviam deixado o experimento por não suportar efeitos colaterais, considerados moderados.

Quanto vale a vida de uma mulher?

Estudos atuais mostram que mulheres usuárias de pílulas anticoncepcionais tem 23% mais chances de tomar remédios para combater a depressão. Em casos de pílulas de progestógeno, o risco sobre para 34%. Entre mulheres que têm entre 15 e 19 anos, a taxa sobre para 70%.  Destaca-se ainda os riscos de trombose venosa profunda, acidente vascular cerebral (AVC) e infarto do miocardio.

O estudo foi financiado pela Organização Mundial da Saúde, a OMS, e pela organização sem fins lucrativos CONRAD (em inglês, a sigla de “Pesquisa e Desenvolvimento de Contraceptivos”). As injeções foram fornecidas pela empresa farmacêutica Schering AG.

Compartilhe:

1
‘Na Fila do SUS’ retrata o sucateamento da saúde pública em plena pandemia
 'Na Fila do SUS' é uma websérie em formato original com seis episódios que estreia disponível exclusivamente, na plataforma online …
2
Governo libera uso da cloroquina para pacientes em estado leve da covid-19; classe médica discorda
Após pressão do presidente Jair Bolsonaro, o Ministério da Saúde cedeu e ampliou o  protocolo para uso da cloroquina e …
3
Felipe Neto no Roda Vida: confira os principais momentos do programa
Convidado do Roda Viva, da TV Cultura, na noite desta segunda-feira, 18, o youtuber Felipe Neto afirmou que faz um …
4
Flávio Bolsonaro rebate acusação feita por Paulo Marinho sobre o caso Queiroz
O senador Flávio Bolsonaro rebateu a acusação feita pelo empresário Paulo Marinho em entrevista ao jornal Folha de S. Paulo …
5
Entenda os motivos do pedido de demissão do ministro da Saúde, Nelson Teich
Antes mesmo de completar um mês à frente do Ministério da Saúde, o ministro Nelson Teich pediu demissão do cargo …
6
Guia Negro Entrevista: O que é ser um corpo negro no mundo?
Neste décimo e último episódio da terceira temporada do Guia Negro Entrevista, o programa revisita seu passado para apresentar um …
7
Vídeo da reunião de Bolsonaro com Moro pode incriminar o presidente? Entenda
E não é que a exibição do vídeo da reunião ministerial do dia 22 de abril citado pelo ex-ministro Sergio …
8
3 países que mostraram que é possível conter o coronavírus
Nova Zelândia, Alemanha e Taiwan. O que esses três locais têm em comum? Eles mostraram para o mundo que ações rápidas …