‘Tinder’ materno: Aplicativo conecta mães para fazerem amizade

A maternidade chega com vários desafios, sendo que um deles é manter a vida social. Muitas mulheres, nessa fase, se sentem solitárias e reclusas, sentem falta das amigas. Pensando nisso, a empresária Michelle Kennedy, em Londres, criou um aplicativo para unir as mães – o Peanut.

Assim como os aplicativos de namoro, o Peanut aproxima mulheres com interesses em comum. Desta forma, as usuárias cadastradas podem escolher, por exemplo, se querem se unir às mães que não curtem malhar (“Inimiga do Fitness”), querem se divertir (“Hora do Vinho”) e as que gostam de música (“A Música é meu Remédio”).

O aplicativo aproxima mães com características em comum.

Mães de filhos especiais ou mães solo também podem se aproximar de amigas que enfrentam a mesma realidade. Outros critérios, como a idade dos filhos, os horários de trabalho e idiomas são levados em consideração.

“O Peanut é projetado para dar às mulheres uma rede, e ver a maternidade como uma aventura na vida dela. Cada passo do Peanut é orientado para torná-lo simples de alcançar e se conectar de forma amigável e acessível”. – declarou a empresa em comunicado oficial à imprensa.

O app é gratuito (disponível na Apple Store e no Google Play) e funciona de maneira parecida com os de namoro: as mães podem arrastar a tela para cima para dar um “oi” ou para baixo para mover para a próxima “candidata”. Assim os pares vão sendo formados.

No app Peanut, mães de filhos especiais ou mães solo também podem se aproximar de amigas que enfrentam a mesma realidade.

Um recurso recente lançado pelo Peanut é a criação de “Páginas”, que funcionam como comunidades onde as mulheres podem participar de acordo com temas – dinheiro, relacionamentos, eventos atuais, equilíbrio entre vida e trabalho, por exemplo. Além disso, existe a possibilidade de criar grupos, assim as usuárias podem sugerir ideias de reunião e enviar convites para as amigas.

“Estamos em uma missão para construir uma comunidade de mulheres. Porque a maternidade não caracteriza toda a identidade da mulher. Ela é uma chance a mais para se unir. O Peanut é uma boa oportunidade, inclusive, para encontrar destinos amigáveis para crianças” – completa o comunicado da empresa.

Leia mais:

1 / 8
1
03:54
Bancada do PSL passa vergonha ao convocar e desconvocar Glen Greenwald
O deputado federal Daniel Silveira (PSL-RJ) apresentou na quarta-feira, dia 12, um requerimento na Comissão de Segurança Pública da Câmara …
2
03:48
O melhor jornal do mundo faz a pior reportagem para Bolsonaro
Essa é a pior reportagem já publicada num jornal estrangeiro contra Jair Bolsonaro. Por dois motivos: saiu no mais importante …
3
03:47
A estranha conexão entre o caso Najila Trindade e Sérgio Moro
O jornalista Gilberto Dimenstein publicou em sua coluna no site Catraca Livre um texto em que conecta dois casos de …
4
03:04
Entendas os possíveis impactos do vazamento das mensagens de Moro
O site The Intercept Brasil divulgou trechos de mensagens trocadas entre o então juiz Sérgio Moro, atual ministro da Justiça, …
5
02:00
Tire todas as dúvidas sobre a doação de sangue
O frio chegou para te lembrar sobre a importância de doar sangue. Uma simples doação pode ajudar até quatro pessoas! Durante …
6
02:58
O que revela a foto de Bolsonaro ao lado de Neymar
O presidente Jair Bolsonaro postou uma foto ao lado de Neymar após o amistoso entre Brasil e Qatar, que aconteceu …
7
05:25
Projeto pode acabar com multa no transporte de criança sem cadeirinha
De acordo com o projeto de lei entregue pessoalmente pelo presidente Jair Bolsonaro na Câmara dos Deputados nesta terça-feira, dia …
8
02:00
Maior parte dos brasileiros é contra flexibilização das armas
Uma pesquisa divulgada pelo Ibope aponta que a maior parte dos brasileiros não apoia a flexibilização do porte e da …