Após 24 anos, idoso mostra banheiro onde concretou mulher

Assassino confessa o femincídio que cometeu em 1994

Por: Redação Comunicar erro

Um crime cometido em 1994 só foi descoberto agora porque o assassino decidiu contar tudo para a polícia. Jairo Narciso da Silva, de 64 anos, procurou a delegacia e relatou que matou a mulher Luzineide Leal Militão e a enterrou dentro do banheiro de uma casa na cidade de Sinop, em Mato Grosso.

Na última sexta-feira, 2, a Polícia Civil fez escavação no local encontrando uma bolsa e a identidade da vítima. Já a ossada foi encaminhada para perícia e DNA a fim de confirmar se é mesmo de Luzineide.

Crédito: DivulgaçãoJairo mostra o local exato durante a reconstituição

Jairo alega que matou a mulher por ciúmes, mas a versão que contou para a família foi que ela havia ido embora de casa. Os filhos da vítima estão abalados e não querem comentar o caso.

Crédito: Arquivo PessoalLuzineide Leal Militão foi morta aos 28 anos de idade
Crédito: DivulgaçãoDocumentos de Luzineide foram enterrados no local do crime

Feminicídio

Desde 2015 existe uma lei que considera o feminicídio crime hediondo com pena de 12 a 30 anos de prisão. Feminicídio é o homicídio de mulheres como crime hediondo quando envolve menosprezo ou discriminação à condição de mulher e violência doméstica e familiar.

A lei define feminicídio como “o assassinato de uma mulher cometido por razões da condição de sexo feminino”, e a pena prevista para o homicídio qualificado é de reclusão de 12 a 30 anos.

Compartilhe:

1 / 8
1
08:59
Lobão analisa a relação de Bolsonaro com seus filhos
Um dos poucos nomes do meio artístico a apoiar a eleição de Jair Bolsonaro (PSL), o músico Lobão revelou recentemente …
2
08:31
Lobão explica como funciona a mente de Olavo de Carvalho
Em entrevista ao vivo no estúdio da Catraca Livre para o jornalista Gilberto Dimenstein, o cantor Lobão, ex-afeto de Olavo …
3
03:39
Alter do Chão sofre com incêndio de grandes proporções
As chamas que consomem uma área de preservação ambiental de Alter do Chão, em Santarém, no Pará, voltaram a se …
4
09:33
Glenn Greenwald: Os limites do jornalismo no governo Bolsonaro
Em entrevista a Gilberto Dimenstein, da Catraca Livre, Glenn Greenwald, fundador do The Intercept Brasil, site responsável pela série de …
5
03:50
Clã Bolsonaro nomeou familiares para cargos de confiança
Uma reportagem publicada pela revista Época mostra que 17 familiares de Ana Cristina Valle, ex-mulher do presidente Jair Bolsonaro,  foram …
6
10:59
David Miranda x Coaf: Glenn Greenwald fala sobre a investigação
Uma matéria publicada pelo jornal O Globo deu destaque para um relatório do Coaf, em que o deputado federal David …
7
05:12
Glenn Greenwald fala qual foi a matéria mais importante da #VazaJato
Qual foi a matéria mais importante da #VazaJato até agora? Quem responde essa pergunta é o jornalista Glenn Greenwald, do …
8
04:32
É possível apoiar a #VazaJato ao mesmo tempo que a Operação Lava Jato?
O jornalista Glenn Greenwald, fundador do site The Intercept Brasil, deu uma longa entrevista ao jornalista Gilberto Dimenstein sobre a …