Informar

Ativistas lutam pela proibição de lutas de porcos

Ativistas têm exigido a proibição de “lutas de porcos”. Uma atividade cruel considerada um esporte popular em diversos estados dos EUA, onde competidores perseguem os animais ao redor de uma arena e ops colocam dentro de barris.

Reprodução/Independent
Reprodução/Independent

Dois eventos foram cancelados recentemente após forte pressão. Agora a PETA iniciou uma campanha para acabar com o espetáculo grotesco para sempre, protegendo os porcos de uma experiência aterrorizante.

Os organizadores insistem que os animais estão sendo bem cuidados. No entanto, Gemma Vaughan, uma funcionária da PETA dos casos de crueldade, diz: “Quando os porcos são violentamente atacados, sem meios de defesa ou fuga, isso é tortura.” Ela explica que os porcos podem até quebrar suas colunas quando são jogados em cima de um barril.

Confira o final dessa história e outras notícias inspiradoras sobre animais na ANDA (Agência de Notícias de Direitos Animais).

Compartilhe: