CORONAVÍRUS
Loading...
Últimas notícias e tudo que você precisa saberAtualizando informações
Infectados-
Mortes-
Recuperados-

Atriz global faz relato após passar Natal com moradores de rua

"Hoje o dia não é sobre você. É sobre o outro", escreveu Bella Piero

Por: Redação
atriz Bella Piero
Crédito: Reprodução / InstagramBella Piero publicou fotos e relatou como foi sua noite de Natal

A atriz global Bella Piero decidiu trocar o Natal em família deste ano por uma noite ao lado de moradores de rua no Rio de Janeiro, onde entregou roupas, calçados e itens de higiene. “Hoje o dia não é sobre você. É sobre o outro”, escreveu na legenda da foto no Instagram.

Após a noite de solidariedade e muitas trocas com as pessoas, a artista fez um relato emocionante na rede social. “Hoje foi meu primeiro Natal na rua. Saí da minha casa, para olhar nos olhos dessas pessoas, que fazem da rua a sua própria casa. Estava chovendo. Eles estavam quase todos embaixo das marquises e de suas poucas cobertas. Alguns nem se preocupavam em não se molhar”, iniciou o texto.

“Um dos primeiros moços que veio ao nosso encontro, pedia um chinelo do tamanho do pé dele, o que ele usava era pequeno demais. Conseguimos um, ele tirou o dele na mesma hora e disse: da esse aqui para alguém que esteja precisando”, continuou.

“Eu ganhei uma flor, abraços apertados, sorrisos sinceros, agradecimentos em forma de oração, só por estar ali com eles, enxergando eles, como nos enxergamos diariamente. A grandeza mais sincera mora dentro da simplicidade. Que mora dentro da gente”, relatou a atriz.

Bella Piero teve um ano marcante em sua carreira, pois venceu a categoria de atriz revelação no “Melhores do Ano” do “Domingão do Faustão” com a personagem Laura de “O Outro Lado do Paraíso”.

Confira o relato na íntegra:

“Hoje foi meu primeiro Natal na rua. 

Saí da minha casa, para olhar nos olhos dessas pessoas, que fazem da rua a sua própria casa. Estava chovendo.
Eles estavam quase todos embaixo das marquises e de suas poucas cobertas. Alguns nem se preocupavam em não se molhar.

Um dos primeiros moços que veio ao nosso encontro, pedia um chinelo do tamanho do pé dele, o que ele usava era pequeno demais. Conseguimos um, ele tirou o dele na mesma hora e disse: da esse aqui para alguém que esteja precisando. 

Muitos avisavam que não precisavam de comida, porque já tinham ganhado jantar. Ou que aquela roupa não iria servir neles, então era melhor deixar para outro. Todos aceitavam chinelos, cobertas, kits de higiene e uma boa conversa.

Um dos meninos que eu conheci, pediu um sapato e só tínhamos um rosa, do tamanho dele, ele me olhou e disse: tia, vou ficar com ele, esse negócio de cor não tem nada a ver, o que importa é o que ta dentro da cabeça da gente.

Esse mesmo menino enrolou um arame azul, estendeu o braço e me deu: aqui uma flor para você, tia.

Eu ganhei uma flor, abraços apertados, sorrisos sinceros, agradecimentos em forma de oração, só por estar ali com eles, enxergando eles, como nos enxergamos diariamente. 

A grandeza mais sincera mora dentro da simplicidade. Que mora dentro da gente.

Hoje o dia não é sobre você. É sobre o outro.

É saber que a empatia, o amor, o respeito e o perdão salvam dias, salvam corações, salvam famílias.

Que o seu Natal, na casa onde você estiver, seja iluminado e abençoado com paz e muito Amor. 

Passa para o lado para ver essas memórias bonitas.”

Compartilhe:

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.