Informar

Biel chama repórter de ‘gostosa’ e diz que a ‘quebraria no meio’

Por: Redação | Comunicar erro

Uma repórter do Portal iG que pediu para não ser identificada denunciou Gabriel Araújo Marins Rodrígues, o cantor Biel, por assédio sexual. A jornalista afirma que o cantor de 20 anos a chamou de “gostosinha” e disse que “a quebraria no meio” se mantivesse relações sexuais com a profissional.

As frases foram ditas em maio deste ano, durante entrevista para a divulgação do novo CD do artista, em São Paulo. A conversa entre eles foi testemunhada por outras pessoas que acompanhavam a conversa. O diálogo também foi registrado em áudio e vídeo, e o material entregue à polícia como prova no processo de investigação.

O cantor Biel
O cantor de funk Biel, que tem quase 6 milhões de seguidores no Instagram

Em determinado momento da entrevista, ele teria chamado ela ainda de “cuzona” e perguntado se ela queria um selinho. No vídeo, são ouvidos risos ao fundo, enquanto uma pessoa que acompanha a filmagem justifica a atitude. “Relaxa, ele é assim mesmo”.

Nadide Gasman, representante da ONU Mulheres no Brasil, teve acesso ao teor da denúncia e às provas e explica que as atitudes do cantor devem ser classificadas como assédio sexual.

“Parece difícil, mas é simples identificar o assédio sexual. Se a conduta é aceita pela mulher, é paquera ou namoro, é bacana. Mas se ela diz não, é não. Os homens, especialmente, têm de entender que as duas partes precisam concordar. Se uma delas não concorda, é assédio, é violência”, afirmou em entrevista ao portal iG.

Confira a reportagem na íntegra aqui.

Compartilhe: