Publicidade

Informar

Cachorros comovem internet e catador reencontra família depois de 15 anos

Muita gente se mobilizou para ajudar os filhotes e a história chegou até a sobrinha dele

Por: Redação | Comunicar erro
...
Publicidade

Há algumas semanas o BuzzFeed Brasil compartilhou a história de Emerson, catador de materiais recicláveis. Ele contou que vendeu sua carroça para levar sua cadela Julie e seus sete filhotinhos ao veterinário.

Foto: Julia Zanolli
Foto: Julia Zanolli
Foto: Julia Zanolli
Foto: Julia Zanolli

A história comoveu muita gente e o Pimp My Carroça, projeto independente e colaborativo que tira catadores da invisibilidade social, se uniu à Desabandone, organização que ajuda animais de rua, para conseguir uma nova carroça para Emerson.

Enquanto a reportagem do Catraca Livre e as equipes do Pimp e da Desabandone conversavam com Emerson para organizar uma campanha de financiamento coletivo para ajudar ele e Julie, uma moça com os olhos marejados se aproximou. “Ele é meu tio”, disse Gisele Soares Oliveira, de 28 anos.

Foto: arquivo pessoal
Foto de Arlindo trazida pela mãe
Foto: Julia Zanolli
Benedita Soares, mãe de Arlindo
Foto: Julia Zanolli
O catador se emocionou ao rever a família

Ela é técnica veterinária e viu a história dos cachorrinhos de Julie pela internet. “Eu sigo vários grupos de ajuda a animais e vi a foto dele. Perguntei para a minha mãe ‘é o tio Arlindo?’”, conta Gisele. Por conta da mobilização em torno dos filhotes, o catador foi reencontrado pela família após 15 anos desaparecido.

Gisele sabia que ele tinha sido visto na região da Paulista e que por aqui ele era conhecido como Emerson, então nesta segunda-feira (5) ela veio de Piracicaba com família em busca do tio.

A mãe e a irmã de Arlindo olhavam para ele sem saber como se aproximar. A princípio ele não reconheceu os familiares, mas, ao ser abraçado pela irmã, Arlindo se emocionou.

Foto: Julia Zanolli
Mãe e irmã de Arlindo mostram fotos da família
Foto: Julia Zanolli
Arlindo se emocionou ao ver a mãe
Foto: Julia Zanolli
A família tenta convencê-lo a voltar para casa
Foto: Julia Zanolli
Irmã de Arlindo chorou ao encontrá-lo na rua
Foto: Julia Zanolli
Arlindo abraça a mãe após anos sem manter contato com a família

A mãe, Benedita Soares, de 75 anos, conta que não tinha mais esperanças de encontrar o filho vivo. “Não acreditei quando vi a foto dele na internet. Queremos levar ele e os cachorros para casa”, contou.

Infelizmente, Arlindo não concordou em deixar as ruas e avisou que aonde quer que vá, irá levar Julie e seus filhotes.

Quem quiser ajudar outros catadores em situação semelhante à de Arlindo pode entrar em contato com o Pimp My Carroça aqui.

Para colaborar com a Desabandone e salvar animais de rua como Julie, clique aqui.

Compartilhe:

Publicidade
Publicidade

Museu de Anatomia Humana da USP exibe peças que ensina como o seu corpo funciona

Cereja Flor: O lugar das taças de sorvetes gigantes em São Paulo

Fondue taiwanês é a próxima delícia que você tem de provar

Médica tira dúvidas sobre anticoncepcional

Refugiados se tornaram microempreendedores em um lava-rápido em São Paulo

Publicidade