Pesquisadores saem às ruas contra corte no orçamento da Capes

Informar

Câmera registra agressões de marido a advogada que morreu no PR

Luis Felipe responderá por tentativa de feminicídio pela morte da advogada Tatiane Spitzner

Por: Redação | Comunicar erro
Luis Felipe agredindo Tatiane no elevador
Crédito: ReproduçãoLuis Felipe agride Tatiane dentro do elevador

Imagens das câmeras de segurança do prédio em que Luis Felipe Manvailer, suspeito de matar a própria esposa, Tatiane Spitzner, mora, mostram ele agredindo a advogada, que tenta fugir, mas não consegue.

Tatiane foi encontrada morta na madrugada do último dia 22 de julho, após cair do quarto andar de um prédio no centro de Guarapuava, na região central do Paraná. O marido foi preso e deverá responder por feminicídio.

De acordo com as imagens das câmeras de segurança do edifício onde eles moravam, obtidas pelo G1 [clique aqui para conferir], Luis Felipe começa a agredir a advogada ainda dentro do carro.

Segundo a polícia, já no estacionamento do prédio, o homem retira a vítima de forma violenta do automóvel e continua agredindo-a.

Em determinado momento, Tatiana tenta corre para salvar sua vida, conforme relatório da polícia, mas não consegue. Já dentro do elevador, ela tenta fugir novamente, mas é impedida pelo homem.

Mulher fugindo do marido por medo de morrer
Crédito: Reprodução/Câmeras de segurançaTatiane tenta fugir de Luis Felipe mas não consegue
Mulher fugindo do marido por medo de morrer
Crédito: ReproduçãoJá dentro do elevador, a advogada tenta fugir novamente, mas Luis Felipe a impede

Pouco tempo depois, as câmeras mostram Luis de volta ao elevador. De acordo com as investigações policiais, ele estaria limpando os vestígios de sangue que teriam ficado no recinto e depois sai pela garagem, em tentativa de fuga.

Homem limpa os vestígios de sangue
Crédito: ReproduçãoDe acordo com a polícia, Luis Felipe voltou para limpar os vestígios de sangue que ficaram no elevador

Luis Felipe Manvailer foi preso na manhã do domingo, 22, após sofrer um acidente na rodovia BR-277, em São Miguel do Iguaçu, a 340 quilômetros de Guarapuava.

Segundo a Polícia Civil, ele está preso de forma preventiva.

Luis Felipe foge no carro
Crédito: ReproduçãoLuis Felipe foge tempos depois, de acordo com a polícia

ATUALIZAÇÃO

ACUSADO SE DIZ “INOCENTE”

De acordo com reportagem do Jornal Nacional que foi ao ar na noite desta sexta-feira, 3, e repercutiu o caso da morte da advogada Tatiane Spitzner, o marido da vítima, o biólogo Luis Felipe Manvailer se diz “inocente”.

Em depoimento do réu à polícia, ele afirma que Tatiane se jogou do apartamento e diz que a “ama muito”.

“A imagem da minha esposa se jogando da sacada não sai da minha cabeça… Ainda fica martelando as imagens [dela se jogando] porque eu sou inocente, eu a amo muito”, declarou Luis Felipe.

Para os investigadores responsáveis pelo caso, as imagens das câmeras de segurança que mostraram Manvailer agredindo Tatiane serão decisivas para comprovar que a advogada foi vítima de feminicídio.

Feminicídio: tio mata sobrinha por não concordar com namoro

Compartilhe: