Candidato ao governo do DF pede voto em aplicativo gay e viraliza

A assessoria de Alexandre Guerra informou que a estratégia é uma forma de suplantar a falta de tempo na TV e de convites para debates

Por: Redação
candidato ao governo do df usa app gay para pedir voto
Crédito: Reprodução/GrindrPerfil de Alexandre Guerra, candidato ao governo do DF, no Grindr, rede social para relacionamento entre homens gays

A corrida eleitoral que determinará os próximos representantes do poder público nas esferas federal e estadual está oficialmente aberta e, na ânsia pelo poder, vale tudo pela conquista de cada voto. É o que fez o postulante ao governo do Distrito Federal Alexandre Guerra, do Partido Novo, que está fazendo uso de um aplicativo de relacionamentos gay para tentar atrair público.

Em um perfil na rede social Grindr, bastante popular entre homens homossexuais, o candidato ressalta que é heterossexual, casado e pai de dois filhos, e se apresenta como a melhor opção para os próximos anos à frente do Palácio do Buriti.

“Sou o seu melhor partido para um relacionamento sério por 4 anos. Sou Alexandre Guerra, seu candidato a governador. E aí, vamos fazer um Novo DF?”, diz ele na descrição de sua conta no aplicativo.

candidato ao governo do df usa app gay para pedir voto
Crédito: Reprodução/GrindrPerfil de Alexandre Guerra no Grindr

Além do Grindr, Alexandre Guerra já havia causado burburinho ao criar um perfil no Tinder, app usado por pessoas independentemente da orientação sexual.

Após a repercussão do assunto, a assessoria do candidato se manifestou dizendo que essa foi uma estratégia encontrada pela equipe de campanha para romper as barreiras impostas pelo pouco tempo de TV e da falta de convites para debates.

Pesquisa Datafolha divulgada nesta quarta-feira, 22, apontou que Alexandre Guerra tem 2% das intenções de voto no estado. A corrida pelo governo do Distrito Federal está tecnicamente empatada entre Eliana Pedrosa (Pros) com 15%; o atual governador Rodrigo Rollemberg (PSB) tem 14% e em terceiro Rogério Rosso (PSD) computando 13% das intenções.

Apesar de fazer uso de uma plataforma destina à comunidade LGBT para angariar votos, o político do Partido Novo não tem nenhuma proposta voltada para essa população, pelo menos conforme é possível ver em um documento protocolado pelo mesmo na última segunda-feira, 20, no Cartório do 2° Ofício, na 504 Sul, com os seus compromissos para os brasilienses, caso seja eleito.

candidato ao governo do df usa app gay para pedir voto
Crédito: DivulgaçãoCompromissos de governo de Alexandre Guerra protocolado em cartório

Nas redes sociais, a estratégia de campanha de Guerra acabou virando piada entre os internautas. Confira:

https://twitter.com/lipesalmac/status/1031987754438193152

“Candidato poc”

Além dos recursos tecnológicos, alguns candidatos estão fazendo uso dos virais das redes sociais, como gírias e memes que são replicados às centenas pelos internautas.

É o que fez, por exemplo, o candidato ao governo do Rio de Janeiro, Tarcísio Motta, do PSOL. Em uma postagem no Facebook, o postulante a líder do executivo fluminense se auto-intitula “poc”.

“Sou poc [gíria gay] e acredito no gordinho”, diz ele, fazendo uso do bom humor.

Pesquisa Ibope divulgada na última segunda-feira, 20, mostrou que Tarcísio aparece em quarto lugar nas intenções de voto com 5% da preferência do público. O ex-jogador Romário Faria (Podemos) aparece em primeiro lugar com 14%, seguido por Eduardo Paes (DEM) 12% e Anthony Garotinho (PRP) também com 12%.

Somos muitas e muitos e estamos com o gordinho! ? Compartilhe, dê mais sugestões e vamos ocupar as redes!Também…

Posted by Tarcísio Motta on Wednesday, August 22, 2018

Acompanhe outros conteúdos ligados às eleições deste ano nesta página especial

Compartilhe: