Cantora Pink inspira mães a aceitarem o corpo no pós-parto

Por: Renata Penzani

Dentre as muitas cobranças sociais que a sociedade impõe sobre a maternidade, está a adequação (ou readequação) aos padrões de beleza após a gravidez.

Para muitas mulheres, a pressão para retomar o peso depois de dar à luz representa uma insegurança extra do puerpério, além de todas as dificuldades, readaptações e instabilidades hormonais do período.

Com sua mensagem, a cantora quer conscientizar outras mães sobre a importância de aceitar o corpo no pós-parto.

Diante disso, atitudes empoderadas são mais do que bem-vindas para rebater os estereótipos estéticos. A cantora americana Pink postou uma foto em seu Instagram essa semana em que exibe seu corpo após dar à luz ao seu segundo filho, além de um depoimento incentivando outras mulheres a valorizarem seus corpos como eles são.

“Acredita que eu peso 72,5 kg e tenho 1,60 m? Pelos ‘padrões regulares’, isso me faz obesa. Sei que não estou dentro do meu objetivo ou perto dele depois de ter tido meu segundo filho, mas não me sinto obesa. A única coisa que sinto é que estou sendo eu mesma. Esqueçam a balança, meninas!”

Leia mais:

Compartilhe: