Últimas notícias:

Loading...

“Cassem já o mandato do deputado Jair Bolsonaro”, pede coletivo sobre memória da ditadura

O Coletivo RJ Mémoria Verdade e Justiça criou um abaixo-assinado na plataforma Change.org que pede a cassação do mandato do deputado federal Jair Bolsonaro (PSC-RJ). Durante a sessão que julgava a admissibilidade do processo de impeachment da presidenta Dilma Rousseff, o parlamentar homenageou os militares de 64 e dedicou seu voto ao coronel Brilhante Ustra, “responsável por torturar, estuprar e matar milhares de pessoas como chefe do DOI-CODI” de acordo com o texto.

A petição está direcionada para o Ministério Público Federal e o Conselho de Ética da Câmara dos Deputados e já conta com mais de 50 mil assinaturas e comentários de cidadãos de diversos estados e países.

A mobilização está em www.change.org/BolsonaroNao.

reprodução
Parlamentar prestou homenagem a torturador

O Christian Trombini, do interior de São Paulo, se manifestou: “democracia só é democracia se as pessoas respeitarem as leis. Este deputado não possui condição de legislar por um país enquanto homenagear crimes e criminosos comprovados pela história e pela Comissão da Verdade”, afirmou. Já o Frankle Oliveira, de Timon, no Maranhão, disse que “exaltar torturador de homens e mulheres que lutaram em nome da democracia é uma afronta ao país e à memória de todos os torturados da ditadura sanguinária”, enfatizou.

Change.org (Oficial)

Em parceria com Change.org (Oficial)

O maior portal de petições online do Brasil. São 329 milhões de pessoas fazendo a diferença em 196 países e 26 milhões só no Brasil.

Compartilhe:

Tags: #bolsonaro

Este conteúdo - assim como as respectivas imagens, vídeos e áudios - é de responsabilidade do usuário Change.org Brasil

A Catraca Livre disponibiliza espaço no site para que qualquer interessado possa contribuir com cidades mais acolhedoras, educadas e criativas, sempre respeitando a diversidade de opiniões.

As informações acima são de responsabilidade do autor e estão sujeitas a alterações sem aviso prévio.