Últimas notícias:

Loading...

Como ajudar refugiados e imigrantes em meio à pandemia

Conheça projetos e organizações para colaborar

Por: Redação

A pandemia da covid-19 tornou ainda mais difícil a vida de quem já estava em situação de vulnerabilidade, mesmo em condições “normais”. Este é o caso dos refugiados que vivem no Brasil, a grande maioria das vezes sem emprego fixo. Por isso, ficar em casa não é uma opção.

Hoje, o país tem 11 mil pessoas reconhecidas como refugiadas e mais de 82 mil imigrantes de 132 países que recorreram ao governo para tentar obter esse mesmo direito, de acordo com dados de 2019 do Ministério da Justiça.

Em meio à crise do novo coronavírus, diversas organizações que já atuavam com refugiados e imigrantes criaram campanhas e ações para ajudar quem mais precisa. Neste Dia Mundial do Refugiado, 20 de junho, a Catraca Livre selecionou algumas iniciativas para você colaborar. Confira na lista abaixo:

família da venezuelana Dayana recebeu cestas básicas do projeto Estou Refugiado
Crédito: Reprodução / Estou RefugiadoA família da venezuelana Dayana recebeu cestas básicas do projeto Estou Refugiado

Refúgio 343

A organização Refúgio 343 lançou uma ação emergencial contra a covid-19 em duas frentes de atuação: a primeira, a intensificação no trabalho de interiorização, a fim de que os imigrantes estejam o quanto antes em lares seguros e estruturados; já a segunda é uma iniciativa para apoiar 906 famílias, que vivem em 15 ocupações sem saneamento, luz e outras condições básicas, através da distribuição de alimentos, kits de higiene e limpeza.

Para ajudar, envie um e-mail para info@refugio343.org.

Campanha #AbraceDaí

Enquanto os abraços físicos estão limitados, o Abraço Cultural, ONG e escola de idiomas com professores refugiados e imigrantes, lançou a campanha #AbraceDaí. A ação busca reunir um ponto de apoio para compartilhar instituições que trabalham com essa população e também os refugiados e refugiadas empreendedores, que estão adaptando seus negócios em vendas online. Quer saber mais? Clique aqui.

Caritas

A Caritas, Centro de Referência para Refugiados da Caritas Arquidiocesana de São Paulo, lançou a campanha “É tempo de cuidar” com o objetivo de arrecadar cerca de R$ 20 mil para a compra de cestas básicas, leite, fraldas e kits de higiene para 115 famílias atendidas pela entidade. Este é o link para fazer a doação de qualquer valor.

Estou Refugiado

O instituto Estou Refugiado ajuda os refugiados no preenchimento do formulário do governo para obtenção do auxílio emergencial, dando apoio psicológico, buscando oportunidades de trabalho e entregando cestas básicas e cobertores em suas casas e em abrigos. Até o momento, já são 1.200 famílias beneficiadas.

A doação de cestas básicas é fundamental. Há opção de doação única para uma cesta básica, no valor de R$ 100 reais ou de R$ 275 para doar uma cesta básica tamanho família. Se você quiser acompanhar a doação e família beneficiada envie comprovante e e-mail solicitando acompanhamento para: contato@estourefugiado.org.br.

Caso prefira, é possível fazer um depósito diretamente na conta corrente:

Associação para apoio de refugiados – Instituto Estou Refugiado
CNPJ 33.171.329/0001-74
Banco Itaú 341 AG 0845 C/C 2121

Motama, refugiado angolano dando seu depoimento

Depoimento do Matoma, refugiado angolano sobre a importância da distribuição de cestas básicas para as família que precisam. https://estourefugiado.com.br/faca-uma-doacao/

Posted by Estou Refugiado on Sunday, June 7, 2020