Como aproveitar as férias para fazer voluntariado

Conhecer novas culturas e melhorar o mundo ao mesmo tempo é possível; saiba por onde começar os planos e ser voluntário nestas férias

Por: Redação

Se você nunca fez voluntariado não sabe o bem que está deixando de fazer a você mesmo! Mais do que ajudar o outro, trabalhar em prol de algo em que acredita é uma experiência transformadora que dá sentido à vida.

E justamente por saber disso, muitas pessoas abandonam aqueles planos de ficar com as pernas para o ar durante as férias para contribuir com um mundo melhor. De acordo com uma pesquisa do site Booking.com, feita com 21 mil jovens, esse é o desejo de 48% dos brasileiros.

Para eles, conhecer a cultura local e fazer a diferença na vida de outras pessoas é uma recompensa mais valiosa que qualquer moeda. Enquanto viajam, têm a oportunidade a enriquecer a vida de outras pessoas, aprender mais sobre o mundo e desenvolver habilidades de liderança e trabalho em grupo.

E no que posso ser útil?

Existem inúmeras possibilidades de ajudar, desde colocar as mãos na massa para levantar uma casa em uma região mais pobre, ensinar inglês ou outro idioma para crianças, até dedicar algumas horas de carinho e cuidados a animais abandonados. E tudo isso pode ser feito em qualquer parte do globo, seja na África, na Ásia, na América Latina ou até mesmo no Brasil.

Se você está decidido a ser voluntário nestas férias, pode ser uma boa pesquisar sobre agências de viagem que fazem a ponte entre os candidatos a voluntários e as organizações com vagas abertas. Outro caminho é entrar diretamente em contato com os responsáveis pelos projetos de seu interesse. Abaixo, listamos alguns para você conhecer:

Oportunidades para deixar o mundo melhor

1 – Vale dos Incas (Peru)

voluntários no centro de resgate de cachorros
Crédito: DivulgaçãoCentro de resgate de animais precisa de voluntários

Um novo centro de resgate (e o primeiro) para cães abandonados no Vale Sagrado dos Incas, no Peru, precisa de ajuda com a operação diária de resgate, construção da infraestrutura e trabalho de conscientização da população local.

São 6 horas de trabalho diário e o voluntário recebe acomodação, que pode ser em quarto privado ou coletivo. Conheça mais no site do Worldpackers.

2 – Itacoatiara (Brasil)

No coração da Amazônia e próximo a Manaus, a cidade é a terceira mais populosa do Estado e é casa da Escolinha Itacoatiara, projeto formado apenas por viajantes que querem ajudar as crianças da comunidade.

Lá, os voluntários podem ensinar inglês, matemática, pintura, espanhol, música, jogos, esportes ou qualquer coisa que valha ser ensinado.

3 – Cantón de Santo Domingo (Costa Rica)

A cidade recebeu o projeto de um grupo internacional de amigos, que se uniram para melhorar a vida da comunidade e estão recrutando voluntários para ajudar na educação, construção de uma horta comunitária e tudo mais que possa ajudar no desenvolvimento da população.

4 – Nova York (Estados Unidos)

Uma das maiores capitais do mundo está recrutando voluntários para ajudar na assistência a adultos com deficiências de desenvolvimento. Mesmo sendo desafiador, o trabalho traz muita diversão e é recompensador pois, ajuda essas pessoas a viajar, já que sozinhas não conseguiriam.

5 – Makuyu (Quênia)

crianças do Quênia
Crédito: DivulgaçãoOs voluntário podem atuar na área da educação, mas também são livres para colocar em prática suas próprias ideias

A Makuyu Education Initiative é uma organização que se preocupa em fazer a diferença na vidas das crianças quenianas.

Atualmente busca voluntário para se ajudá-los com o que for possível, além de fotografar, captar vídeos, ajudar com exames de saúde para as crianças e também ajudar a produzir refeições mais nutritivas. Saiba mais.

6- São Paulo (Brasil)

Cãominhada acontece sempre aos domingos

Se estiver por São Paulo, que tal sair para passear com os cãezinhos que vivem no Centro de Controle de Zoonoses? O projeto Cãominhada sempre precisa de voluntários aos domingos pela manhã para levar os animais para caminhar e se exercitar na guia. Pode ser muito pouco para você, mas para esses cachorros é o melhor momento da semana!

Onde acontece a cãominhada?

A cãominhada acontece nas dependências da Divisão de Vigilância de Zoonoses (DVZ), que fica na rua Santa Eulália, 86 – Santana, (próximo à estação Carandiru), na Zona Norte. Se você estiver a pé, a entrada é pela portaria 1 – na rua Santa Eulália, 86. Já se for de carro, a entrada é pela portaria 2, na Avenida Santos Dumont, s/n (ao lado do teatro Alfredo Mesquita). A entrada é liberada até 8h50 e saída apenas após término da atividade. Saiba todos os detalhes aqui.

Para te ajudar a entender o tipo de voluntariado que mais faria sentido para você, a Catraca Livre desenvolveu o teste Descubra sua Causa. É rápido de fazer, você vai responder algumas perguntas pessoais, para que a gente te mostre as causas que mais têm a sua cara.

É a Catraca Causando mudanças positivas na sua vida. Porque a nossa maior causa é você. 

Descubra a sua causa. Faça o teste clicando neste link. Em poucos minutos você descobre causas importantes que precisam de amparo. E na resposta do teste, você fica sabendo como doar ou fazer trabalho voluntário, simples, rápido e confiável.