Como descobrir se seus nudes vazaram e tirá-los do Google

Saiba como se proteger

Por: Redação

As notícias de vazamento de fotos íntimas de celebridades, como aconteceu recentemente com Emma Watson, são os casos que mais recebem atenção da mídia. Mas, segundo informações de um levantamento de Instituto de Pesquisa Data & Society, 4% dos internautas americanos já tiveram fotos íntimas publicadas contra a sua vontade. A imensa maioria, mulheres.

É uma situação que pode ser devastadora e dá à vítima uma sensação de impotência frente a algo que ela não tem controle nenhum. Mas existem formas de se proteger.

Emma Watson foi uma das atrizes que tiveram fotos íntimas vazadas contra a sua vontade, mas estima-se que 4% das internautas passaram por isso.

Se você já suspeita que as suas fotos podem ter vazado, você pode fazer uma busca por imagem similar no Google. Visite este link e clique em pesquisa por imagem (clique na máquina fotográfica). Você pode copiar a url se ela já estiver na internet ou subir a imagem.

Caso você encontre uma imagem sua que está no buscador contra a sua vontade, tire imediatamente um print da página na qual ela está. Depois preencha este formulário do buscador. O Google irá analisar o conteúdo e pode solicitar mais informações por email.

A melhor forma de se proteger é manter senhas fortes e únicas, use apps gratuitos para ter sempre uma senha diferente. Também suspeite de links dos quais você não sabe a procedência no email e nas redes sociais.

Compartilhe: