Raissa Barbosa, de ‘A Fazenda’, tem vídeos íntimos vazados em site pornô

Se um dia seus vídeos e fotos íntimas vazarem nas redes, você saberia se proteger? Aprenda aqui a como denunciar

Por: Redação
Ouça este conteúdo

Mesmo dentro de “A Fazenda 12“, a participante Raissa Barbosa foi alvo de uma situação que pode até mesmo render prisão àqueles que o fizeram. A modelo teve vídeos íntimos vazados em um sites pornôs sem sua autorização. Atualmente, Raissa Barbosa mantém uma conta no OnlyFans, uma plataforma para venda de conteúdos adultos, que permite que o(a) próprio(a) dono(a) do perfil determina um preço mensal ou avulso para liberar a foto ou o vídeo para o cliente.

Como descobrir se seus nudes vazaram e tirá-los do Google

A participante do reality show da Record TV nunca escondeu que produz conteúdos eróticos para um site pago, mas nunca autorizou que essas imagens fossem publicadas em outros sites que não fossem em sua conta na OnlyFans.

raissa barbosa
Crédito: Reprodução/Instagram/@raissabarbosaoficialRaissa Barbosa, de “A Fazenda 12”, tem vídeos íntimos vazados em site pornô

Atualmente, Raissa Barbosa cobra US$ 19,99 (R$ 113,27) por mês para liberar o acesso ao seu perfil no OnlyFans. Ela ainda criou uma promoção, em que o uso durante três meses sai por US$ 29,99 (R$ 169,79).

Pelo menos três vídeos da modelo foram vazados em sites pornográficos após a entrada de Raissa em “A Fazenda”. Em alguns, a modelo aparece sozinha. Noutros, em atos sexuais com homens que tiveram os rostos cobertos com uma camisa. Pelo Twitter oficial da modelo, as assessorias jurídica e de imprensa afirmaram que tomarão “as medidas judiciais cabíveis”.

“COMUNICADO À IMPRENSA. A assessoria de imprensa e jurídica da participante Raissa Barbosa tomará medidas judiciais cabíveis para qualquer tipo de conteúdo íntimo que seja divulgado ou vazado sem autorização da participante.”, diz post feito na conta oficial de Raissa.

Como denunciar se você for vítima de um crime virtual, como Raissa Barbosa?

A primeira coisa para fazer a denúncia de crimes virtuais é ter em mãos todos os dados referentes à ação. A pessoa lesada precisa salvar tudo que pode ajudar na comprovação do crime.

Entre os dados, incluem-se e-mails, fotos da tela (prints), informações do infrator (endereço de e-mail que foi enviado pra você, por exemplo), mensagens em rede sociais e tudo mais que possa servir de prova. Saiba mais aqui.

Compartilhe: