Consulta pública avalia condições de vida nas cidades brasileiras

A iniciativa foi criada pela ONU-Habitat e pelo Colab

Rio de Janeiro
Crédito: peeterv / iStockA consulta pública tem 29 perguntas sobre transporte, inclusão, serviços básicos e transparência

Como é o transporte público da sua cidade? E a coleta de lixo? Para avaliar essas e outras questões, a ONU-Habitat e o Colab lançaram uma consulta pública sobre a sustentabilidade e as condições de vida nos municípios brasileiros. Criado há três semanas, o questionário já recebeu mais de 4,3 mil respostas.

A consulta pública “Cidades Sustentáveis” reúne 29 perguntas de múltipla escolha sobre temas como transporte, inclusão, serviços básicos e transparência. O prazo para os brasileiros fazerem um “raio-x” de onde vivem é até 24 de dezembro. Para participar, entre no site ou baixe o aplicativo do Colab.

O objetivo do projeto é diagnosticar o avanço do Brasil nas metas de desenvolvimento urbano sustentável da Organização das Nações Unidas (ONU). Segundo as organizações, a participação dos cidadãos é fundamental para a identificação da percepção sobre sustentabilidade no país.

Até a publicação desta matéria, a cidade com mais participações na consulta é Niterói, seguida por São Paulo, Rio de Janeiro, Porto Alegre, Recife, Brasília, Teresina e Campinas.

Qual a percepção dos brasileiros sobre suas cidades

Os dados já recolhidos dão uma amostra de como os cidadãos brasileiros enxergam suas cidades. A percepção sobre a ampliação do acesso a serviços básicos (água potável, saneamento, eletricidade e coleta de resíduos) aparece como destaque positivo. No geral, 45% dos brasileiros acreditam que esse indicador melhorou nos últimos dois anos. Em Brasília, esse número é de 50% e em Campinas e Niterói, de 47%.

O aumento das favelas e assentamentos informais nos últimos dois anos, no entanto, aparece como realidade para 78% das pessoas que responderam ao questionário. Na cidade do Rio de Janeiro, esse índice chega a 97%. Em Niterói, São Paulo e Porto Alegre, fica em 91%.

A disponibilidade de terra para os cidadãos é percebida como um problema. No Brasil, 67% das pessoas discordam que as pessoas tiveram mais facilidade no acesso à terra nos últimos dois anos. No Recife, 88% das pessoas discordaram dessa afirmação, no Rio de Janeiro, 85% e, em São Paulo, 81%.

No tema do transporte urbano, 75% dos brasileiros discorda que tenha havido melhorias na acessibilidade nos últimos dois anos. No Recife, essa preocupação atinge 88% das pessoas e em Porto Alegre, 87%.

O aumento da poluição do ar aparece como uma realidade para 45% dos brasileiros que responderam a pesquisa. O destaque negativo vai para São Paulo. Na capital paulista, 79% dos participantes apontam que a poluição aumentou nos últimos dois anos. Em Brasília, ao contrário, a poluição aparece como problema para apenas 35% dos cidadãos.

A pesquisa também mostra que os moradores das cidades brasileiras desconhecem políticas de combate às mudanças climáticas e resiliência a desastres. No país, 81% dos cidadãos disse que sua cidade não tem esse tipo de política. Em Teresina, esse número chega a 89%, no Recife a 85% e, em Campinas, a 83%.

“Já é possível ver, pelos resultados, que as diferenças entre as cidades são muitas. Por isso, a colaboração dos cidadãos é fundamental para que o diagnóstico de cada local seja preciso e gere as melhores soluções”, afirma Gustavo Maia, CEO e cofundador do Colab. “A tecnologia está ajudando nesse diálogo entre a população e poder público.”

Compartilhe:

1 / 8
1
11:47
Não é Não: tatuagens contra o assédio no Carnaval
Luka Campos, idealizadora da campanha Não é Não, foi a convidada pelo programa Entrevista por Catraca Livre desta semana para …
2
01:40
Desvio em fundos de incentivo para mulheres
O Supremo Tribunal Federal e Tribunal Superior Eleitoral determinaram que 30% dos fundos públicos de financiamiento de campanhas sejam destinados …
3
15:17
Sai Jean Wyllys, entra David Miranda
David Miranda, substituto de Jean Wyllys como deputado federal, é o convidado de estreia do programa Entrevista por Catraca Livre. …
4
01:37
Saiba o que muda com o novo decreto de posse de armas
Conforme prometido durante a campanha eleitoral, o presidente Jair Bolsonaro assinou o decreto que flexibiliza a posse de armas no Brasil. …
5
01:27
Rosa para meninas e azul para meninos?
Ao longo da história muita coisa mudou, inclusive a forma como meninos e meninas eram vestidos. No século XVIII, por …
6
01:38
O que é e o que faz o COAF?
O Conselho de Controle de Atividades Financeiras é um órgão de inteligência do governo federal, criado em 1998, para combater …
7
01:51
Brumadinho e a situação das barragens de rejeito no Brasil
De acordo com informações da Agência Nacional de Água (ANA), existem mais de 24 mil barragens no Brasil. Desse total, …
8
01:37
Saiba o que muda com o novo decreto de posse de armas
Conforme prometido durante a campanha eleitoral, o presidente Jair Bolsonaro assinou na manhã desta terça-feira, 15, o decreto que flexibiliza a …