Últimas notícias:

Loading...

Criança com necessidades especiais é encontrada acorrentada dentro de tambor

Menino de 11 anos pesava aproximadamente 25Kg e chegava a se alimentar das próprias fezes

Por: Redação
Ouça este conteúdo

Uma denúncia anônima levou a Polícia Militar de Campinas (SP) ao cárcere de um garoto de 11 anos com necessidades especiais que era acorrentado dentro de tambor pela família. Ao ser libertado, a criança contou aos policiais que ficava sem água e sem alimento por longos períodos, o que resultou em desidratação e desnutrição.

Crédito: Getty Images/iStockphotoCriança com necessidades especiais é encontrada acorrentada dentro de tambor

O pai, a madrasta e a irmã do garoto foram presos em flagrante pelos maus-tratos. A família trancava o garoto para poder beber e usar drogas.

Policiais disseram ao portal R7 que o garoto afirmou ter comido as próprias fezes e implorou para ser adotado durante o resgate. O garoto foi atendido pelo Samu e encaminhado ao Conselho Tutelar.

Violência infantil

Crédito: Istok/tzahiVBrasil é líder no ranking de violência infantil da América Latina

Meninos e meninas são expostas a inúmero tipos de violência infantil no mundo todo. As violências e os acidentes são as maiores causas das mortes de crianças, adolescentes e jovens de 1 a 19 anos, no Brasil.

O país é líder no ranking de violência infantil da América Latina. No recorte nacional, três em cada dez pessoas conhecem pessoalmente uma criança que já sofreu violência.

Violência doméstica

Quando pensamos em violência doméstica, logo imaginamos pais batendo nos filhos. Mas esse tipo de violência infantil pode ser física, psicológica, sexual e manifestar-se por negligência, como: deixar a criança em casa sem vigilância, negligenciar cuidados médicos e alimentação adequada, exposição do menor a situações que gerem perigo à vida ou à saúde, utilização da criança para realização de trabalho.

Há um universo inteiro de formas como a violência pode se dar, como a síndrome de Munchausen por procuração (quando um dos pais simula sintomas de doenças inexistentes no filho), intoxicações, envenenamentos, violência virtua e até o extremo filicídio (quando a criança é morta por um dos pais).

Como denunciar?

Disque 100

Como nos casos de racismo, homofobia e outras violações de direitos humanos, qualquer cidadão pode fazer uma denúncia anônima sobre casos violência infantil pelo Disque 100. A denúncia será analisada e encaminhada aos órgãos de proteção, defesa e responsabilização em direitos humanos, respeitando as competências de cada órgão. Leia a matéria completa no link.

Compartilhe: