CORONAVÍRUS
Loading...
Últimas notícias e tudo que você precisa saberAtualizando informações
Infectados-
Mortes-
Recuperados-

Criança fardada mostra arma de brinquedo no colo de Bolsonaro

Não é a primeira vez em 2019 que crianças aparecem com réplicas de brinquedo de armas em eventos públicos em São Paulo

Por: Redação
bolsonaro carrega no colo criança fardada, que mostra arma de brinquedo
Crédito: Reprodução / TV GloboO caso ocorreu durante durante a cerimônia de formatura de sargentos da PM de São Paulo

Uma criança vestida com uma farda da Polícia Militar mostrou uma arma de brinquedo enquanto o presidente Jair Bolsonaro (PSL) a segurava no colo. O caso ocorreu durante durante a cerimônia de formatura de sargentos da PM de São Paulo, no Sambódromo do Anhembi, na zona norte da capital. As informações são do G1.

Ao apontar a arma para o alto, o menino recebeu um sinal de positivo do presidente da República, que foi aplaudido pelo público diversas vezes e tirou selfies com os policiais e seus familiares. “Outros que me antecederam criticaram as atuações dos policiais. Eu os saúdo e os louvo. Aqui, lá e em qualquer lugar do Brasil e do mundo. Reconheço o heroísmo de vocês”, declarou em seu discurso.

Apesar dos conflitos recentes, Bolsonaro permaneceu no palco ao lado do governador paulista João Doria (PSDB), e também do ministro do Meio Ambiente, Ricardo Sales.

O artigo 26 do Estatuto de Desarmamento proíbe a fabricação, a venda, a comercialização e a importação de brinquedos, réplicas e simulacros de armas de fogo.

Não é a primeira vez em 2019 que crianças aparecem com réplicas de brinquedo de armas em eventos públicos em São Paulo.

Na cerimônia de comemoração da Revolução Constitucionalista, em 9 de julho, crianças fardadas mostraram armas de brinquedo. Na ocasião, o Ministério Público de São Paulo decidiu abrir inquérito civil, com o objetivo investigar o uso de réplicas de armas de fogo por crianças.

Compartilhe:

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.