CORONAVÍRUS
Loading...
Últimas notícias e tudo que você precisa saberAtualizando informações
Infectados-
Mortes-
Recuperados-

Criança sofre bullying na escola e pede à mãe corda para se matar

O vídeo já passa de seis milhões de visualizações no Facebook e famosos prestam solidariedade a Bayles

Por: Redação

Uma criança, de 9 anos, pediu à sua mãe uma corda para se matar após constantemente sofrer bullying na escola onde estuda, em Brisbane, na Austrália. A mãe do menino, que se chama Quaden Bayles e sofre de nanismo, filmou o desespero do garoto, na última quarta-feira, 19.

“Só quero me esfaquear no coração. Quero que alguém me mate”, “me dá uma corda, vou me matar”, afirma a criança no vídeo, que a Catraca Livre optou em não divulgar para preservá-la.

O garoto pergunta “qual é o motivo das agressões”. A mãe, então, diz: “acabei de buscar meu filho na escola, testemunhei um episódio de bullying, liguei para o diretor e quero que as pessoas saibam – pais, educadores, professores – esses são os efeitos que o bullying causa. Por favor, eduquem seus filhos, famílias e amigos”.

Segundo ela, o bullying levou seu filho a tentativas de suicídio depois que as pessoas apontam suas diferenças em público onde quer que vão.

A mãe, Yarraka Bayles, explicou que publicou as imagens numa tentativa de conscientizar as pessoas sobre o impacto do bullying nas crianças.

O vídeo já passa de seis milhões de visualizações no Facebook. Na Austrália a história de Bayles está ficando conhecida e famosos prestam solidariedade a ele. O time de rugby “Indigenous All Stars” convidou Quaden para entrar com eles em campo na partida do próximo sábado 22.

A equipe gravou um vídeo de apoio a Quaden. Os jogadores se reuniram e Latrell Mitchell, estrela do time, falou a mensagem.

“Hey, Quaden… Nós só queremos te desejar o melhor, irmão. Nós sabemos que você está enfrentando um tempo difícil agora, mas os garotos estão aqui. Nós estamos com você. Estamos como você para te apoiar, amigo. Só queremos ter certeza que você está indo bem. Queremos você por perto, queremos que você nos lidere no final de semana. Significará mais para nós do que para você, camarada. Queremos ter certeza que você está se cuidando e esperamos te ver nos próximos dias”, disse Mitchell.

Quaden nasceu com acondroplasia, o tipo mais comum de nanismo, em que os braços e as pernas da criança são mais curtos em proporção ao comprimento do corpo. A cabeça é grande e, muitas vezes, o tronco é do tamanho normal.

Bullying não é MIMIMI

Bullying é uma prática de violências físicas ou psicológicas constantes feitas por um ou mais agressores à sua vítima. O termo vem do inglês “bully”, que significa valentão. E muitas dessas agressões ocorrem no ambiente de ensino, o chamado bullying escolar.

Sejam formas mais iniciais como apelidos e brincadeiras maldosas chegando até a casos mais sérios como xingamentos e empurrões, é preciso estar atento. Segundo o site Novos Alunos, do SEB (Sistema Educacional Brasileiro), os pais e demais adultos precisam mostrar que estão prontos para ajudar. Para saber o que fazer se o seu filho estiver sofrendo bullying na escola, clique aqui.

A Organização Mundial da Saúde (OMS) afirmou que a violência é a quarta maior causa de morte de jovens entre 10 e 29 anos no mundo. Segundo relatório “Prevenindo a violência na juventude: uma perspectiva da evidência” preparado pela agência da ONU, em 2015, 200 mil jovens morrem todos os anos vítimas de assassinatos, brigas, violência entre namorados e… bullying!

Bullying Não É Mimimi

Ao longo da semana falamos sobre BULLYING. No total, foram 10 matérias, entrevistas e vídeos.- 92,3% dos leitores do Catraca Livre relatam ter sofrido bullying (http://bit.ly/2dzMe7S)- Bullying na infância (http://bit.ly/2dkMsMm)- 10 livros pra falar sobre bullying com crianças (http://bit.ly/2drH39J)- Jogadoras de games relatam bullying e machismo neste universo (http://bit.ly/2d4nO1b)- Bullying é crime? (http://bit.ly/2deFAlJ)- Bullying virtual. Saiba mais sobre o assunto e como se defender: (http://bit.ly/2dh04sQ)- Falar sobre bullying é um grande mimimi? Listamos 7 motivos (http://bit.ly/2dlAimI)- Entrevista com o cineasta Daniel Ribeiro, diretor do filme 'Hoje Não Quero Voltar Sozinho': (http://bit.ly/2diumvY)- Lista com 11 filmes sobre bullying (http://bit.ly/2dzMSlD)- Vídeo com matéria completa. Assista: (http://bit.ly/2dzOEmR)#BullyingNaoÉmimimi

Posted by Catraca Livre on Saturday, October 1, 2016

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.