Últimas notícias:

Loading...

CRM investiga conduta de médico que gravava sexo com pacientes

Na conta secreta de Lino Neves da Silveira no Twitter ele publicava atos sexuais com pacientes e até funcionários da clínica que realiza atendimento

Por: Redação

O Conselho Regional de Medicina (CRM-DF) passou a investigar o caso de um médico que filmava cenas de sexo dele com pacientes. Após a gravação, Lino Neves da Silveira publicava os vídeos em uma conta secreta do Twitter. A informação veio da própria entidade. “O CRM-DF investigará a denúncia por meio de uma sindicância. O procedimento correrá em sigilo para verificar se há indícios de infração ética”, confirmou em comunicado.

CRM investiga conduta de médico que gravava sexo com pacientes
Crédito: Reprodução/Instagram @linonevesCRM investiga conduta de médico que gravava sexo com pacientes

Segundo o que foi divulgado pelo material, o infectologista praticava atos sexuais explícitos com pacientes e colegas de profissão dentro da clínica que fazia atendimento. O último registro foi em 22 de maio, no último domingo.

Autointitulado como “PeludoAN” (abreviação para Asa Norte, bairro de classe média alta de Brasília), Lino compartilha conteúdo pornográfico no perfil e ainda comlegendas provocativas. “Consultório me dá um tesão da p*”, diz o médico, logo na autodescrição.

Perfil do médico no Twitter
Crédito: Reprodução/MetrópolesPerfil do médico no Twitter

Durante as gravações, Neves usa, na maioria das vezes, objetos bastante conhecidos da profissão: jaleco e estetoscópio. Tudo utilizado é para garantir que as cenas foram feitas no local de trabalho, durante o plantão.

Nos vídeos explícitos, Neves foca em cenas de sexo oral. O perfil dos pacientes é diversificado: loiros, morenos, cabeludos ou carecas. O fetiche por homens casados (com mulheres) é um dos mais escancarados pelo médico. Ele faz questão de filmar paciente que usa aliança dourada na mão esquerda. “C* de casado é bom demais pra cair de cara”, escreveu o médico em uma das legendas.

“Consultório já viu: tesão na certa, com o tanto de macho gostoso que passa comigo”, diz Lino em outra postagem.

Nas filmagens, expostas em perfil aberto, e que foi excluído após repercussão do caso, o especialista em infecções sexualmente transmissíveis (ISTs) engole o sêmen de um suposto enfermeiro. “Se tem mamada, tem leitada. Tá aí o final da mamada com o enfermeiro no meio do plantão. Não resistiu ao meu oral e ainda ganhei p* pra trabalhar até o final e feliz”, registrou o médico.

Compartilhe:

?>