Deputada escancara despreparo de ministro do governo Bolsonaro

MEC enfrenta grave crise sob administração de Ricardo Valéz que pode ser demitido a qualquer momento

Por: Redação | Comunicar erro

Nesta quarta-feira (27), uma audiência com o ministro da Educação Ricardo Vélez Rodriguez e sua equipe foi realizada na Comissão de Educação da Câmara Federal. Nela, o ministro não convenceu e foi duramente criticado pela deputada federal Tabata Aamaral (PDT).

Crédito: Reprodução/Instagram@tabataamaralspDeputada de 25 anos escancara despreparo de ministro da Educação

Vélez apresentou material sobre as propostas e metas do ministério, construídas ao longo dos três meses de governo, mas não atingiu as expectativas da deputada, cientista política e astrofísica de 25 anos, eleita para seu primeiro mandato nas eleições de 2018.

“Em um trimestre, não é possível que o senhor apresente um powerpoint com dois, três desejos para cada área da educação. Cadê os projetos? Cadê as metas? Quem são os responsáveis? Isso daqui não é planejamento estratégico, isso e uma lista de desejos. Eu quero saber onde que eu encontro esses projetos? Quando cada um começa a ser implementado? Quando serão entregues? Quais são os resultados esperados? São três meses, a gente consegue fazer mais do que isso”, questionou a deputada logo no início do vídeo.

A conclusão da fala da deputada não foi mais amena. “Eu não espero mais nenhuma resposta, já entendi que isso não vai acontecer. A mim, me resta lamentar o que está acontecendo, continuar o meu trabalho de educação, que não começa com este mandato, e esperar que o senhor mude de atitude – o que parece completamente improvável – ou saia do cargo de ministro da Educação”, salientou.

Visivelmente irritado, Veléz respondeu também em tom de embate. “Se a senhora não espera nenhuma resposta, para que faz perguntas?” O ministro, no entanto, disse em seguida que precisava ir embora, pelo adiantado da hora e finalizou garantindo que permanece no cargo. “A única coisa que posso dizer é que fico. Só me demito se o senhor presidente da REpública me pedir. Se ele, que é o chefe do Estado, achar que minha colaboração não está sendo adequada.”

Compartilhe:

1 / 8
1
20:44
São Paulo, capital da Cultura | Entrevista por Catraca Livre
Atuando como Secretário Municipal de Cultura em São Paulo desde janeiro desse ano, Alê Youssef ainda está no começo da …
2
07:26
STF e o limite da liberdade de expressão
O presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), Dias Toffoli, anunciou em março a abertura de um inquérito para investigar casos …
3
01:03
Ex-presidente do Peru tenta suicídio após receber ordem de prisão
O ex-presidente do Peru Alan García morreu nesta quarta-feira,17, após atirar contra si mesmo em uma tentativa de suicídio em …
4
04:45
Famosos fazem desabafo sobre depressão
Recentemente, o humorista Whindersson Nunes publicou uma série de posts em sua rede social desabafando sobre um sentimento profundo de …
5
01:32
Quem disse que não dá para surfar na cidade?
A Surf House Brasil é o lugar perfeito para você quer aprender a surfar ou ficou com saudade de pegar …
6
01:45
Catedral de Notre Dame: 8 séculos de história queimam em Paris
Um incêndio de grandes proporções atingiu a Catedral de Notre Dame, em Paris. O local é um dos pontos turísticos …
7
02:29
Vídeo analisa a maior irresponsabilidade na vida de Bolsonaro
O presidente Jair Bolsonaro mandou desativar os radares de rodovias federais. Será que é uma boa ideia? A Folha de São …
8
05:43
Entenda a proposta de Bolsonaro para a educação domiciliar
O presidente Jair Bolsonaro assinou o projeto de lei que pretende regulamentar a educação domiciliar no país. Se aprovada pelo …