Diretor bolsonarista Roberto Alvim ataca Fernanda Montenegro

Apoiador de Bolsonaro criticou a atriz de 89 anos e foi massacrado por outros famosos

Por: Redação

O diretor teatral Roberto Alvim criticou nas redes sociais, no último domingo, 22, a atriz Fernanda Montenegro, de 89 anos, que foi capa de edição histórica da revista “Quatro Cinco Um”, especializada em literatura, com um chamado contra a censura.

“A foto da sórdida Fernanda Montenegro como bruxa sendo queimada em fogueira de livros, publicada hoje na capa de uma revista esquerdista, mostra muito bem a canalhice abissal destas pessoas”, publicou ele, em texto em que ressalta que “trata-se de uma guerra irrevogável”.

fernanda montenegro
Crédito: Divulgação Fernanda Montenegro estampou a capa histórica da revista “Quatro Cinco Um”, especializada em literatura, com um chamado contra a censura

Alvim, que disse que sua carreira desabou após apoiar Jair Bolsonaro (PSL), ainda completou: “Um amigo meu, bem-intencionado, me perguntou hoje se não era hora de mudar de estratégia e chamar a classe artística pra dialogar. Não. Absolutamente não. Trata-se de uma guerra irrevogável”.

O diretor também afirmou que quer promover uma ‘renovação’ completa na classe teatral brasileira, por ser o “único jeito de criarmos um Renascimento da arte no Teatro Nacional”.

“Porque a classe teatral que aí está é radicalmente PODRE. E com gente hipócrita e canalha como eles, que mentem diariamente, deturpando os valores mais nobres de nossa civilização, propagando suas nefastas agendas progressistas, denegrindo nossa sagrada herança judaico-cristã, bom – com essa corja não há diálogo possível (SIC)”, complementou o bolsonarista.

Em outra postagem, Alvim diz já ter nutrido “alguma admiração por ela” [Fernanda]. [Mas] “hoje só o que sinto por essa mulher é o mais absoluto desprezo”.

a última peça que Fernanda Montenegro fez no teatro foi a biografia de Simone de Beauvoir.Beauvoir era uma…

Publicado por Roberto Alvim en Domingo, 22 de septiembre de 2019

O OUTRO LADO

Não demorou muito para que fosse criada uma repercussão negativa em torno do post do diretor. Em comunicado enviado ao jornal O Globo, a Associação dos Produtores de Teatro (APTR) repudiou as declarações de Alvim.

“A APTR repudia veementemente as declarações do diretor de Artes Cênicas da Funarte, Sr. Roberto Alvim, em suas redes sociais, onde classifica o não diálogo com a classe artística como uma “guerra irrevogável”. 

Com a mesma intensidade, repudiamos a classificação da fala de dona Fernanda Montenegro como infantil, mentirosa e canalha. É absolutamente inadmissível que uma atriz com a sua trajetória seja atacada em seu livre exercício de expressão.

[…] Como cidadão, o Sr. Roberto Alvim pode expressar opinião, independentemente do campo social, cultural e ideológico. Já como gestor público de relevância nacional – ou seja, representando o país como um todo – o mesmo deveria atentar-se à natureza do seu cargo, pautando-se pelo respeito à classe que representa e aos profissionais consagrados por sua atuação.

[…] Persistiremos  na busca pelo diálogo, pela liberdade de expressão, pelo afeto ao fazer artístico e cultural  de nosso país. Tudo isso de forma civilizada e com total respeito à diversidade”.

Confira a nota na íntegra no link

1
Tá na Régua: Djonga, Criolo e Cynthia Luz comentam “volta” do AI-5
A Catraca Livre e o rappper V.A.L.E, do grupo MR-13, colaram no Festival Sons da Rua, que rolou em outubro …
2
Joice Hasselmann fala sobre o Pavão Misterioso e o Gabinete do Ódio
Pavão Misterioso, Gabinete do Ódio de Bolsonaro e muitas outras questões foram abordadas no depoimento da deputada Joice Hasselmann (PSL-SP) …
3
Os principais pontos do pacote anticrime de Moro aprovado pela Câmara
A Câmara dos Deputados aprovou na quarta-feira, 4, o pacote anticrime do ministro da Justiça, Sergio Moro. O conjunto de …
4
Tudo o que se sabe sobre a ação policial em Paraisópolis
No último domingo, 9 jovens morreram supostamente pisoteados durante ação realizada pela Polícia Militar na comunidade de Paraisópolis, em São …
5
PSL pune postura de Eduardo Bolsonaro e de outros 17 parlamentares
O diretório nacional do Partido Social Liberal (PSL) decidiu na terça-feira, 3, punir 18 parlamentares acusados de articular o afastamento …
6
Presidente da Funarte diz que rock leva ao aborto e ao satanismo
O músico Dante Mantovani, nomeado nesta segunda-feira, 2, como o presidente da Fundação Nacional de Artes (Funarte), possui um canal …
7
Trump decide retomar taxação ao Brasil após desvalorização do real
O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, fez um post em sua rede social anunciando o retorno das tarifas de …
8
Entenda todos os desdobramentos das prisões em Alter do Chão
Os quatro brigadistas que haviam sido presos preventivamente na operação Fogo de Sairé, da Polícia Civil do Pará, deixaram a …