Últimas notícias:

Loading...
EM ALTA

‘É inconcebível minha filha dentro de um saco preto’, diz Mãe de Kethlen

Durante participação no 'Encontro', emocionada, Jacqueline Lopes cobrou a punição dos responsáveis

Por: Redação

Jacqueline Lopes, mãe da jovem Kethlen Romeu, assassinada grávida em um tiroteio provocado por uma ação da Polícia Militar do Rio de Janeiro (PM-RJ), protagonizou um momento de muita emoção durante o Encontro com Fátima Bernardes, na TV Globo, desta quinta-feira, 10, ao abrir seu coração e exigir a punição dos responsáveis pela morte de sua filha.

Fátima Bernardes e  Mãe de Kethlen
Crédito: Reprodução/TVGlobo‘É inconcebível minha filha dentro de um saco preto’, diz Mãe de Kethlen

“Parece que tudo que ensinam pra gente, que você tem que estudar, se misturar com pessoas de bem, se formar… parece que é sempre perdido no meio da caminho. Parece que preto e favelado tem que ficar se reafirmando a todo momento, a gente nunca é respeitado por nada. Vidas negras e faveladas importam. E importam muito. A gente estuda, não adianta, tem sempre uma desculpa depois para justificar o injustificável. É inconcebível ver minha filha dentro de um caixão, dentro de um saco preto no IML. A minha filha vida era luz. É inacreditável, Fátima”, disse ela chorando muito abalada.

Namorado de jovem grávida morta no Rio desabafa nas redes sociais: ‘Sem chão’

“Estou tentando inventar uma desculpa na minha cabeça para eu seguir. Sou covarde, não quero aceitar que ela morreu. ela não morreu, o nome Kathlen Romeu tem que ser lembrado como forma de justiça para outras mães, meninas, mulheres”. “Eu não tenho mais vontade de viver. Tenho vontade de morrer. Ela era o meu tudo”, declarou a mãe, aos prantos.

Jaqueline ainda fez um pedido: “[A morte dela] Não pode ser em vão, Fátima. Eu peço a todos os repórteres não escutem só um lado, me ajudem! Ajudem outras mães. Tem o outro lado. Vidas negras e faveladas importam muito”.