Edital apoia projetos de incentivo à bicicleta na periferia de SP

O fundo vai destinar R$ 15 mil às iniciativas escolhidas

Por: Redação | Comunicar erro
Projeto de incentivo à bicicleta na periferia de São Paulo
Crédito: Divulgação / FALO fundo dará R$ 15 mil para apoiar os projetos

Você tem algum projeto de incentivo à bicicleta na periferia de São Paulo? Organizado pela Ciclocidade (Associação dos Ciclistas Urbanos de São Paulo) e pelo Instituto Aromeiazero, o Fundo de Ações Locais (FAL) vai destinar R$ 15 mil a iniciativas que promovem a mobilidade ativa e a cultura das bikes na capital paulista.

O segundo edital já está disponível neste link e o valor total será dividido entre os selecionados. As inscrições estão abertas até o dia 12 de julho e o resultado será publicado nas redes sociais da Ciclocidade e do Instituto Aromeiazero em 7 de agosto.

Serão contempladas propostas que atuam no fortalecimento de grupos, pesquisas, projetos de comunicação e de empreendedorismo através da bicicleta, bem como de ações afirmativas de minorias étnicas, religiosas, de gênero, de sexualidade, linguísticas, físicas e/ou culturais. Podem participar do edital coletivos e grupos não formalizados, pequenos empreendedores (MEI e ME) e pessoas jurídicas sem fins lucrativos e não governamentais.

“O FAL é uma forma de manter, incentivar e descentralizar a bicicultura em São Paulo, dando suporte a iniciativas que promovem a bicicleta e somam forças na resistência por uma cidade mais acessível e ciclável para todos”, comenta Michel Will, diretor de Cultura e Formação da Ciclocidade.

“Com esse incentivo, ideias de grande impacto comunitário podem ganhar força para sair do papel, articulando as pessoas das áreas onde serão realizadas em torno de um importante debate para a sociedade”, explica Cadu Ronca, diretor do Instituto Aromeiazero.

A seleção das propostas apresentadas para o segundo edital será feita pela Comissão de Curadoria do Fundo de Ações Locais, composta por pessoas com envolvimento na área de ciclomobilidade ou com experiência em áreas correlatas, tais como atividades culturais e esportivas.

Menino participa da outra edição do edital de incentivo à bicicleta
Crédito: Giuliana PompeuVeja como participar do edital de bikes

Primeiro edital de incentivo a bicicletas

No edital publicado no primeiro semestre de 2018, o FAL recebeu inscrições de 17 projetos e a comissão de curadoria selecionou quatro iniciativas que foram contempladas com R$ 3 mil cada.

Na região do Campo Limpo, zona sul de São Paulo, o coletivo de mulheres Preta, Vem de Bike realizou o projeto “Pedal na Quebrada”: uma série de encontros promovendo a bicicleta através de aulas para aprender a pedalar e oficinas de mecânica básica com manutenção dos veículos.

Outra iniciativa ficou por conta do coletivo Periferia em Movimento, que realizou uma série de reportagens com foco na mobilidade em bicicleta no extremo Sul da capital paulista, o projeto “Jornalismo de Quebrada”.

Do outro lado da cidade, o projeto Biciclotour das Idéias ressignifica as ruas do Jardim Julieta – Vila Sabrina, na zona norte, pedalando uma bicicleta cargueira. “Promovendo arte, cultura e comunicação, usamos a bicicleta como uma ferramenta de aprendizado, de empreendedorismo e de tecnologias sociais”, explica Fabiana Menassi sobre a iniciativa que transforma uma bike cargueira em rádio, biblioteca e ateliê itinerante.

No bairro do Grajaú, Zona Sul de São Paulo, o projeto Bikes Marginais organizou uma frota de bicicletas para realizar atividades de experimentação territorial em percursos educadores pela periferia da capital. As ações foram realizadas em parceria entre os coletivos Imargem, Casa Ecoativa, Ateliê Damargem e o Projeto Navegando nas Artes.

Compartilhe:

1 / 8
1
08:52
Machismo em escolas de samba
Carolina Ribeiro, musa da Unidos de Vila Maria, na zona norte de São Paulo, é a convidada do programa Entrevista …
2
02:06
Como ajudar outras mulheres no Carnaval
O Carnaval chegou e para evitar que algumas coisas chatas e sérias estraguem a sua folia, separamos algumas dicas para …
3
00s
Quem foi Chico Mendes?
Chico Mendes nasceu em Xapuri, no Acre, em uma família de seringueiros, ofício que herdou de seu pai. Ao longo …
4
11:47
Não é Não: tatuagens contra o assédio no Carnaval
Luka Campos, idealizadora da campanha Não é Não, foi a convidada pelo programa Entrevista por Catraca Livre desta semana para …
5
01:40
Desvio em fundos de incentivo para mulheres
O Supremo Tribunal Federal e Tribunal Superior Eleitoral determinaram que 30% dos fundos públicos de financiamiento de campanhas sejam destinados …
6
15:17
Sai Jean Wyllys, entra David Miranda
David Miranda, substituto de Jean Wyllys como deputado federal, é o convidado de estreia do programa Entrevista por Catraca Livre. …
7
01:37
Saiba o que muda com o novo decreto de posse de armas
Conforme prometido durante a campanha eleitoral, o presidente Jair Bolsonaro assinou o decreto que flexibiliza a posse de armas no Brasil. …
8
01:27
Rosa para meninas e azul para meninos?
Ao longo da história muita coisa mudou, inclusive a forma como meninos e meninas eram vestidos. No século XVIII, por …