Informar

Em marchinha, Chico César e Bruna Caram pedem fim do assédio

Marchinha de Carnaval publicada nas redes sociais debate o problema do assédio sexual na folia

Por: Redação | Comunicar erro

Se você diz não, eu sei que é não (ô se é não). E que só é sim, se assim você disser.

Não importa o que é que você vai vestir, eu não vou te tocar sem você consentir”.

Nesta segunda-feira (13), foi lançada a marchinha de Carnaval “Se Você Quiser”, que alerta sobre o problema do assédio sexual na maior festa do rua do país.

Interpretada por Chico César e Bruna Caram, a música foi registrada em um videoclipe produzido e editado por uma equipe majoritariamente formada por mulheres.

A letra, de Pedro Abramovay e Gustavo Moura, ainda diz: “beijar, cair na farra é mesmo uma delícia. É que se for na marra, é caso de polícia”. Assista:

O vídeo é um desdobramento da campanha #CarnavalSemAssédio, realizada em 2016 e neste Carnaval para debater o problema do assédio na folia.

Neste ano, a campanha está sendo promovida pelo Catraca Livre em parceria com a revista “Azmina” e os coletivos “Agora é que são elas”, “Nós, Mulheres da Periferia” e “Vamos juntas?”. Nosso objetivo é mostrar que paquerar, beijar e se divertir fazem parte da folia, mas há uma condição: é preciso respeitar a vontade das mulheres.

E você, já sofreu assédio no Carnaval? Conte sua história nas mídias sociais usando a hashtag da campanha para, juntas, quebrarmos o silêncio. Saiba mais sobre a campanha clicando aqui.

Compartilhe: