Em Portugal, 3 pastores brasileiros são presos por tráfico de pessoas

"Os cidadãos estrangeiros, entre os quais crianças, eram sujeitos ao pagamento de quantias de dinheiro para a organização religiosa", dizem as autoridades

Por: Redação

Três pastores evangélicos brasileiros foram presos por tráfico de pessoas e auxílio à imigração ilegal, nesta quinta-feira, 9, pelo Serviço de Estrangeiros e Fronteiras (SEF) de Portugal, na cidade de Amadora, na grande Lisboa.

pastores tráfico pessoas Portugal
Crédito: Istock/Joel CarilletEm Portugal, 3 pastores brasileiros são presos por tráfico de pessoas

Segundo o SEF, 30 brasileiros foram salvos de “condições muito precárias”, em que viviam. Além de adultos, também haviam crianças no local.  O órgão ainda revelou que eles estavam, na maioria, em situação irregular no país e que chegaram lá cooptados pelo esquema comandado pela organização religiosa dos pastores.

“Para além das condições de trabalho, alojamento e salubridade em que foram detectados, os cidadãos estrangeiros, entre os quais crianças, eram sujeitos ao pagamento de quantias de dinheiro para a organização religiosa”, diz a nota do SEF.

Para o jornal português ‘Público’, o diretor central de investigação do Serviço de Estrangeiros e Fronteiras, Gonçalo Rodrigues, disse que houve uma denúncia e que as investigações começaram há três meses. “Havia ali claramente indícios de exploração”, salientou.

O órgão não divulgou os nomes, apenas que se trata de dois homens e uma mulher e também não informou o nome da igreja. O SEF cumpriu ainda cinco mandados de busca e apreensão. Os três pastores foram interrogados nesta sexta-feira, 10, pela Justiça portuguesa e o órgão afirmou as investigações seguem em andamento.