Esposa de jogador do Palmeiras é agredida por torcedores em estádio

Após o empate do time, Bhel Dietrich, companheira do meia Bruno Henrique foi empurrada e xingada por um grupo de baderneiros em Curitiba

Por: Redação

Na noite deste domingo, 20, o futebol brasileiro foi marcado por mais um episódio lamentável de violência, intolerância e desrespeito.

Bhel Dietrich, esposa do jogador Bruno Henrique, do Palmeiras, foi  agredida por torcedores do alviverde paulista na saída da Arena da Baixada em Curitiba após o empate em 1 a 1 com o Athletico-PR pela 27º rodada do Campeonato Brasileiro.

De acordo com relatos confirmados pelo atleta e sua assessoria ao portal Globo Esporte, Bhel foi cercada, xingada e empurrada por um grupo de baderneiros que a reconheceu assistindo a partida. Segundo testemunhas, ela estava acompanhada de dois familiares, uma criança e um senhor, o que torna o ocorrido ainda mais detestável.

Não é a primeira vez que o meia e sua família sofrem com a falta de senso dos torcedores. No início de setembro, depois da derrota por 3 a 0 diante do Flamengo, Bruno estava passeando com sua mulher nas ruas de São Paulo quando foi surpreendido e ofendido verbalmente por um homem que o chamou de “pipoqueiro”. Na ocasião, sua companheira interviu e cobrou respeito. “A gente tem vida também, quer xingar, vai no estádio”, repreendeu.

Em nota oficial, o Palmeiras advertiu as atitudes e ofereceu suporte ao atleta e seus familiares.

“A Sociedade Esportiva Palmeiras repudia veementemente o deplorável e constrangedor episódio ocorrido na saída do estádio neste domingo, após a partida contra o Athletico, em Curitiba, envolvendo a esposa do jogador Bruno Henrique e sua família.

É inadmissível que aconteçam situações lamentáveis envolvendo ataques de supostos torcedores a atletas, comissão técnica, dirigentes e seus familiares. O clube está dando todo o suporte necessário ao jogador e sua família”.

A segurança é um dos fatores que preocupa a FIFA quando cita o futebol na América Latina. Recentemente, casos graves no continente ganharam manchetes ao redor do mundo, como o clássico entre os argentinos River Plate e Boca Juniors pela final da última Libertadores da América, quando o ônibus do Boca foi apedrejado por torcedores rivais, deixando jogadores e membros da comissão técnica feridos – o jogo teve que ser decidido na Espanha algumas semanas depois.

Independente do país em que ocorra, qualquer intolerância ou gesto ofensivo contra a vida de qualquer pessoa deve ser combatido veementemente com leis rígidas, para que as ações dentro do âmbito esportivo não reflitam no dia a dia dos profissionais e nem do público em geral.

Compartilhe:

1
05:28
Obstrução de Justiça pode gerar impeachment de Bolsonaro?
Em meio à polêmica envolvendo Jair Bolsonaro (PSL) no caso do assassinato da vereadora Marielle Franco, o deputado federal David …
2
05:16
Valério diz que Lula é um dos mandantes da morte de Celso Daniel
O empresário Marcos Valério, operador do mensalão, revelou em depoimento ao Ministério Público de São Paulo que os ex-presidente Lula …
3
07:19
Amazônia Sem Lei: desmatamento, grilagem, garimpo e queimadas
Desmatamento, queimadas, grilagem, garimpo e conflito. A disputa por terras na Amazônia é muito mais profunda do que a recente …
4
04:12
Entenda a maior treta de Bolsonaro com o PSL
O líder do PSL na Câmara, Delegado Waldir (PSL-GO), afirmou, nesta quinta-feira, 17, que vai “implodir o presidente”Jair Bolsonaro. A …
5
08:00
Lava Jato usou denúncia contra Lula para abafar crise de Janot e Temer
A matéria mais recente da Vaza Jato publicada pelo site The Intercept Brasil mostra diálogos entre os procuradores da força-tarefa …
6
04:04
O que se sabe sobre as manchas de óleo no litoral do Nordeste
Nos últimos dias de agosto, manchas de óleo começaram a aparecer em praias do litoral do Nordeste. O problema começou …
7
03:39
Bolsonaro nega envolvimento no caso das candidaturas laranjas do PSL
Durante um de seus encontros recentes com a imprensa, o presidente Jair Bolsonaro voltou a dizer que não tem nenhuma …
8
02:55
STF quer verificar a veracidade dos diálogos entre procuradores e Moro
O ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Gilmar Mendes, quer verificar a autenticidade das conversas trocadas entre procuradores da Lava …