Fernanda Lima posta foto de babás e acaba levando fama de racista

Por: Redação

Após postar uma foto das babás de seus filhos no Instagram, Fernanda Lima recebeu críticas de internautas e da atriz Tatiana Godoi. Tudo isso porque as moças são negras e a apresentadora escreveu: “Aqui em casa não tem essa de babá vestida de branco! Ó o grau das mina!”.

Segundo Fernanda, a intenção era valorizar o estilo das funcionárias, que usam dreadlocks, roupas estampadas, gravata borboleta e acessórios que fogem do uniforme tradicional.

Porém, a atriz Tatiana Godoi, que também é negra, associou a situação ao passado escravocrata do Brasil e postou: “O mais triste desse país não é o fato de estarem vestidas de branco ou não, é o fato de sempre vermos pelo passado escravocrata esse tipo de foto, a sinhá branca falando: ‘olha, minhas negras não vivem na senzala, são da casa!’. Pode até tratar bem, mas infelizmente elas sempre serão as babás e a sinhá sempre será a boazinha tipo Princesa Isabel. Um dia, neste país, ainda vamos ver os negros no poder e não só subalternos como essa foto #prontofalei.”

Reprodução/ Instagram
Imagem postada pela apresentadora Fernanda Lima

Fernanda respondeu: “Querida, essas meninas são filhas de uma grande amiga e não trabalhavam. Quando tive meus meninos, liguei para ela perguntando se elas queriam uma oportunidade de trabalho porque eu estava disposta a ensinar, já que saquei que, apesar de difícil, a profissão de babá pode ser muito rentável. Desde então elas convivem com a nossa família, comemos na mesma mesa, conversamos e trocamos confidências como amigas. E ainda as remunero muito bem. Sem queixas nem crises por parte de ninguém. Boa tarde pra você também. Estou meio cansada dessas discussões e interpretações de texto alucinadas da rede. E também torço pela alternância de poder. Seria maravilhoso um presidente negro. Pelo menos concordamos em algum ponto.”

Tatiana concluiu: “Como sou uma pessoa educada e antes que os seguidores da Sinhá Fernanda comecem a me xingar (), não vão entender nunca mesmo, passando 127 anos da abolição, que vemos a mesma cena: brancos patrões e negros empregados. Tenho certeza que vocês não vão querer que esse quadro mude. Afinal, quem vai servir, né?”

E você, acha essa crítica exagerada? Deixe seu comentário

Compartilhe:

1
A repercussão dos ataques machistas à jornalista Patrícia Campos Mello
No final da última semana, Hans River do Rio Nascimento foi chamado para prestar depoimento na CPMI das Fake News. …
2
Governo Bolsonaro libera pesca em áreas de conservação ambiental
Uma portaria do Instituto Chico Mendes (ICMBio), órgão vinculado ao Ministério do Meio Ambiente, autorizou a pesca esportiva e amadora …
3
Chuva forte deixa São Paulo debaixo d’água
A chuva que começou ontem não deu sinal de trégua e fez São Paulo amanhecer debaixo d’água nesta segunda-feira, 10. …
4
Coronavírus: aviões da FAB vão retirar brasileiros de Wuhan, na China
Dois aviões da Força Aérea Brasileira (FAB) decolaram nesta quarta-feira, 5, em direção a Wuhan, na China, para retirar os …
5
BBB20: Mulheres decidem o destino de Pétrix Barbosa
A união das mulheres  decidiu o destino de Pétrix não apenas no Big Brother Brasil 20, mas também fora da …
6
Damares Alves: abstinência sexual, protesto e contradição?
Por que este grupo de mulheres deu as costas para a ministra Damares Alves enquanto ela defendia sua política de …
7
Bolsonaro e a demissão do secretário que viajou com jato da FAB
O presidente Jair Bolsonaro anunciou em sua conta no Twitter que vai tornar sem efeito a nomeação de José Vicente …
8
Visibilidade trans: a história de Thais de Azevedo
O que é violência para você? Para Thais de Azevedo essa pergunta resume uma trajetória de vida. Como mulher trans, …