Filhos ficam 3 dias com pais mortos em casa achando que eles dormiam

A crianças foram encontradas pela tia, após a menina de 5 anos atender um telefonema

Por: Redação
Ouça este conteúdo

Dois filhos, uma menina, de 5 anos, e seu irmão, de apenas 1 ano, passaram três dias com os pais mortos dentro de casa acreditando que o casal dormia. O caso aconteceu em São Petersburgo, na Rússia e só foi descoberto após Alexander e Viktoria Yakunin ficaram incomunicáveis e acabarem perdendo encontro com a família. As informações são do site britânico Mirror

foto dos pais que foram encontrados mortos após passarem 3 dias em casa com os filhos
Crédito: Reprodução/VK.comFilhos ficam 3 dias com pais mortos em casa achando que eles dormiam

Os parentes só conseguiram contato quando a filha de cinco anos do casal atendeu uma ligação da tia Natalia Bakulina, de 36 anos. A criança, que cuidava sozinha do irmão de um ano de idade, disse que seu pai, de 30 anos, e a mãe, 25 anos, estavam “dormindo” fazia muito tempo e acrescentou ainda que o homem “tinha ficado todo preto”.

Preocupada, a tia das crianças foi até o apartamento e encontrou o casal morto na cama. “Eu corri… e vi tudo. Eu caí e gritei “, recordou a mulher, segundo o site britânico Mirror. Em seguida, a emergência e a polícia foram acionadas.

A tia levou os filhos do casal do apartamento que estão agora sob os cuidados do pai de Alexander.

A causa suspeita da morte é intoxicação alimentar após consumo de uma conserva de picles contaminado com toxina botulínica, substância produzida pela bactéria Clostridium botulinum. Segundo a polícia, um frasco de picles dado pela avô de Alexander estava aberto na cozinha.

Enlatados com baixa acidez ou armazenados com base em procedimentos de conservação precários apresentam riscos sérios de causar a doença conhecida como botulismo. O quadro pode causar paralisia e até morte por insuficiência respiratória.

Como prevenir o botulismo

A melhor prevenção está nos cuidados com o consumo, distribuição e comercialização de alimentos, além, é claro, da higiene na hora de limpar os alimentos e as mãos. O ministério da Saúde dá as seguintes orientações:

  • Evitar a ingestão de alimentos em conserva que estiverem em latas estufadas, vidros embaçados, embalagens danificadas ou com alterações no cheiro e no aspecto;
  • Produtos industrializados e conservas caseiras que não ofereçam segurança devem ser fervidos ou cozidos por
  • pelo menos 15 minutos antes de serem consumidos. Altas temperaturas podem eliminar as toxinas do botulismo;
  • Não conserve alimentos a uma temperatura acima de 15ºC;
  • O preparo de conservas caseiras deve obedecer rigorosamente aos cuidados de higiene;
  • Certifique-se que essas medidas foram adotadas pelo estabelecimento/vendedor que preparou o alimento;
  • Lave sempre as mãos;
  • Nunca dê mel para uma criança com menos de um ano de idade.

Compartilhe:

Tags:#Mundo