Fumaça de incêndios da Austrália chega ao Rio Grande do Sul

O fenômeno já atingiu o sul, a fronteira oeste e a região central do estado em forma de névoa de coloração cinza

Por: Redação
Fumaça de incêndio na Austrália
Crédito: FRNSW/Fotos PúblicasFumaça cobre estrada na Austrália

Após passar por Argentina e Chile, percorrendo mais de 12 mil quilômetros, a fumaça dos incêndios nas florestas da Austrália chegou ao Rio Grande do Sul no início da tarde desta terça-feira, 7, como alertou a MetSul Meteorologia.

O fenômeno já atingiu o sul, a fronteira oeste e a região central do estado em forma de névoa de coloração cinza. Em Santana do Livramento (RS), o céu da cidade ficou mais acinzentado por causa da fumaça suspensa na atmosfera.

De acordo com a meteorologista Estael Sias, da MetSul Meteorologia, em Porto Alegre a fumaça não está visível, mas deve influenciar na coloração do por do sol, que pode ficar mais avermelhado e alaranjado. Ela também explicou que o ocorrido não representa risco à saúde da população.

“Tempo abriu em Porto Alegre, mas presença de fumaça da Austrália no céu é quase imperceptível, a despeito do satélite mostrar que há fumaça na atmosfera sobre a Grande Porto Alegre. Parte da pluma que está aqui tem menor densidade. No pôr do sol, talvez, se veja melhor”, informou a Metsul pelo Twitter.

Compartilhe: