Governo paga R$ 11 mil em diárias por 33h de Eduardo Bolsonaro nos EUA

Segundo a Câmara dos Deputados, Eduardo não teria o direito de ter as despesas paga pelo Itamaraty

Por: Redação

O Itamaraty pagou US$ 2.729,94, equivalente a R$ 11.260 em quatro diárias e meia para Eduardo Bolsonaro nos EUA. Ele viajou junto com o ministro das Relações Exteriores, Ernesto Araújo, e dois assessores.

Crédito: Agência BrasilGoverno paga R$ 11 mil em diárias por 33h de Eduardo Bolsonaro nos EUA

A viagem se tratou de um bate e volta, ela durou 33h e aconteceu na semana passada. A atividade principal realizada por Eduardo Bolsonaro e Filipe Martins (assessor para Assuntos Internacionais do Planalto), Vicente Santini (secretário-executivo da Casa Civil) e Arthur Weintraub (assessor da Presidência e irmão do ministro da Educação, Abraham Weintraub), foi um encontro de meia hora com Donald Trump na sexta-feira (30 de agosto). A atividade não estava na agenda oficial do presidente americano.

Eles chegaram aos EUA em um avião da FAB (Força Aérea Brasileira) e além de encontrar Trump,  o filho de Jair Bolsonaro (PSL) e os demais fizeram passeios e almoçaram numa sala reservada de um dos restaurantes à beira do canal que leva ao rio Potomac. O grupo pagou, segundo reportagem da Folha, cerca de US$ 1.000 (R$ 4.000) para uma mesa de sete pessoas no Del Mar, do chef italiano Fabio Trobocchi. Segundo o Itamaraty, as despesas com alimentação foram bancadas pelos viajantes.

O Itamaraty informou que as quatro meias diárias foram pagas por “viagem a trabalho” em 30 e 31 de agosto. Duas se referem aos deslocamentos de ida e volta e as outras duas por ficarem hospedados na residência oficial da embaixada em Washington, totalizando dois dias trabalhados.

O pagamento é regulamentado por decretos do Palácio de Planalto, de acordo com o Ministério das Relações Exteriores, mas segundo apurou o portal ‘UOL’, Eduardo Bolsonaro não deveria receber as diárias pois a viagem não consta como missão oficial, então não tem direito a reembolso.

1
Policiais Antifascismo falam sobre atuação da PM em Paraisópolis
Com 60 mil mortes violentas por ano, a questão da segurança pública no Brasil é alvo constante do debate que …
2
Roraima: violência doméstica no estado com mais mortes de mulheres
Roraima é o estado com a menor concentração de pessoas no Brasil. Ainda assim, a violência contra mulher lá é …
3
Greta Thunberg: pirralha para Bolsonaro, personalidade para Time
A jovem sueca Greta Thunberg é hoje um dos principais nomes da causa ambiental mundial. Ela transformou a sua greve …
4
Moda e consumo consciente na periferia: conheça o Brechó do Barulho
A periferia domina a moda sustentável. O movimento de trocar e emprestar sempre esteve presente nas quebradas de todo o …
5
Djonga, Criolo e Cynthia Luz comentam ‘volta’ do AI-5
A Catraca Livre e o rapper V.A.L.E, do grupo MR-13 e Batalha da Matrix, colaram no Festival Sons da Rua, …
6
Podemos decide expulsar o deputado Marco Feliciano do partido
A diretoria do partido Podemos em São Paulo decidiu na segunda-feira, 9, expulsar o deputado federal Pastor Marco Feliciano da …
7
Joice Hasselmann fala sobre o Pavão Misterioso e o Gabinete do Ódio
Pavão Misterioso, Gabinete do Ódio de Bolsonaro e muitas outras questões foram abordadas no depoimento da deputada Joice Hasselmann (PSL-SP) …
8
Os principais pontos do pacote anticrime de Moro aprovado pela Câmara
A Câmara dos Deputados aprovou na quarta-feira, 4, o pacote anticrime do ministro da Justiça, Sergio Moro. O conjunto de …